Siga o Jornal de Brasília

Gastronomia

Brace passa por reformulação com novo sócio e chef

Eduardo Carvalheiro, conhecido como Dudu Paxtel, assume a casa ao lado de Sérgio Lúcio e implementa menu mais diferenciado 

Publicado

em

Publicidade

Recém-saído do curso de gastronomia do Iesb, Eduardo Carvalheiro pode até ser confundido como um profissional iniciante. Mas o seu apelido não é à toa. Conhecido como Dudu Paxtel, o chef tem em sua trajetória anos de experiência no comando da Pastelaria do Beto, empreendimento fundado por seu pai, que funciona atualmente na Feira dos Importados.

Após a faculdade, sentiu que era hora de dar um passo à frente e assumiu o desafio de capitanear a reformulação e a operação do restaurante Brace, agora Parrilla Contemporânea. 

Primeiramente, ele aboliu a boutique de carnes que era mantida na frente da loja, na 405 Sul. Essa parte do negócio tinha um custo muito alto e a saída era pouca. O espaço foi reformado para receber mais mesas, antes localizadas somente na parte traseira do imóvel, e receber mais clientes. 

O menu também mereceu uma boa mexida, com a inserção de novos cortes de angus e outros itens que fogem um pouco do tradicional oferecido em casas do gênero.Para quem quer pegar mais leve, a boa dica é a versão da caesar salad (R$ 29), que ganha toque especial por chegar ao cliente dentro de uma redoma de vidro cheia de fumaça. 

Mas a barriga de porco (R$ 32) marinada por pelo menos 10 horas e assada em baixa temperatura por 180 minutos, em média, tem lá o seu valor. Depois de resfriada, é finalizada no óleo quente para pururucar a pele, antes de chegar à mesa do cliente. Por cima, vai uma leve porção de molho barbecue elaborado com goiabada. Outra dica para começar é o canudo com massa de pastel (especialidade do chef) com recheio de pernil (R$ 34) ou costela (R$ 31). 

Aliás, a costela (R$ 129, para duas pessoas) promete ser carro-chefe dessa nova fase. Seus cortes são cozidos por 48 horas a vácuo pelo sistema sous vide e finalizados na parrilla.

Da churrasqueira argentina também sai o tomahawk (foto), naco considerável que pode servir muito bem duas pessoas por R$ 189. Fraldinha, t-bone, picanha e bife de tira também estão na lista de assados, junto com costela suína e galeto. 

Mais do que acompanhamentos já bem conhecidos como arroz biro biro e farofa de ovos, Paxtel adotou o purê de abóbora cabotiá (muito boa pedida, aliás), o quinoto de limão siciliano, beterraba com creme azedo e até um mac n´cheese.

Nos dias de semana, no almoço, há opções de pratos executivos acompanhados por salada, entre R$ 39 e R$ 49. Assado de tira, chorizo, carne de sol com queijo coalho e costelinha suína são algumas das opções com dois acompanhamentos.

Finalizando a refeição, tem mil folhas de doce de leite com banana, cheesecake de frutas vermelhas, torta de limão e mousse de chocolate, entre R$ 21 e R$ 28. E para beber, há uma seleção de vinhos, drinques e cervejas. 

Serviço:

CLS 404, bloco A
Telefone: 3226-2416
Funciona às segundas, de 12h às 15h; terças a sábados, das 12h às 15h e das 19h às 23; domingos, das 12h às 16h.


Você pode gostar
Publicidade