fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Gastronomia

Aniversário de Brasília: ‘A Mano cria prato especial em homenagem a Oscar Niemeyer

Picadinho Niemeyer oferece aos clientes da casa a simplicidade e sabor marcante de um dos pratos preferidos do arquiteto responsável pelos traços marcantes dos prédios da Capital

Avatar

Publicado

em

Foto divulgação
PUBLICIDADE

Comida simples e abrasileirada, essa é uma das formas mais fáceis de definir o gosto gastronômico de Oscar Niemeyer. No aniversário de Brasília, o chef do restaurante ‘A Mano se inspirou em um dos pratos preferidos do arquiteto para homenagear ele e a Capital Federal. “Ele gostava muito de comida simples, de pratos abrasileirados, e um dos pratos preferidos dele era o picadinho”, revela Paulo Niemeyer, neto de Oscar e presidente do instituto que leva o nome do avô. O Picadinho Niemeyer estrela o cardápio de delivery da casa a partir desta terça-feira (21) em comemoração aos 60 anos da cidade.

O gosto descomplicado do arquiteto responsável por prédios como o Congresso Nacional, a Catedral de Brasília e o Memorial JK inspirou o chef Ivo Sousa a criar o Picadinho Niemeyer (R$ 65, individual; R$ 120, família). Com um toque de requinte da casa italiana, o preparo apresenta um picadinho de filé mignon feito com molhos roti e de tomate, além de temperos que incluem cenoura e salsão, e acompanhado de arroz com castanha de baru, farofa, chips de batata e ovo frito. Disponível tanto no almoço, quanto no jantar, o prato pode ser pedido no delivery e estará disponível do dia do aniversário de Brasília, 21 de abril, até o fim da semana.

“Meu avô adorava essa cultura da refeição, a tradição família se se juntar à mesa para comer e ele passou isso para toda a família. Acho incrível e merecido resgatar a memória dele por meio da gastronomia, porque tem a ver com a cultura brasiliense e com algo que ele gostava muito. Ele tinha muita brasilidade na essência. o Oscar sempre defendeu que o Brasil é o melhor país do mundo. Ele viajou muito, mas sempre dizia que nunca conheceu país melhor”, enfatiza Paulo Niemeyer.

A tradição de fazer refeições em família que Oscar Niemeyer passou para os filhos e netos também carrega os gostos simples. Na lista de preferências do arquiteto, as curvas sinuosas e estilo próprio dão espaço a clássicos da culinária brasileira como arroz e feijão. Além da clássica combinação, ele também era amante de receitas como carne moída, pastel, macarrão, ovo frito e peixe. “A gente criou esse costume de comer comida caseira. Nós tínhamos um cozinheiro no escritório que preparava os pratos para a gente no dia a dia”, conta Paulo. “Eu aprendi a gostar disso com ele. Faço questão de almoçar em casa para comer arroz e feijão”.


Serviço
‘A Mano – Delivery
Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 12h às 15h e das 19h às 23h. Domingo, das 12h às 16h
Pedidos pelo whatsapp no link: http://wa.me/556132458235
Informações e pedidos: (61) 3245-8235
@amanorestaurante




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade