Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Moda

Brasília 61 anos: Brasilienses criam na capital e conquistam o país

Marcas fazem sucesso em SP, RJ e outras capitais; produtos levam a cara da capital

Brasília 61 anos: Brasilienses criam na capital e conquistam o país

Brasília é uma cidade de peculiaridades. Com a mistura de várias culturas, a capital criou sua própria identidade. E foi pensando nela que duas marcas vem se destacando país a fora: as camiseterias Lumas, focada no empoderamento feminino, e a Sambar&Love – famosa por dar vida aos memes e frases famosas da internet.

“Vou vender camisetas por algum tempando. Só até o meu filho nascer”. Esse era o objetivo do engenheiro Bruno Rafael e Ana Paula, quando criaram a Sambar&Love, em 2015. O negócio começou tímido e com apenas algumas estampas. Seria apenas um “quebra galho” durante alguns meses. Mas a criatividade, humor e irreverência transformaram a confraria brasiliense em sucesso nacional.

Em apenas quatro anos de existência, a Sambar&Love reúne mais de 200 mil seguidores nas redes sociais e um número expressivo de clientes no Distrito Federal e Rio de Janeiro. “Começamos com apenas nove estampas de camisetas com frases de futebol. Hoje, temos mais de 400. Os próprios clientes nos sugerem”, conta Bruno Rafael. Entre os clientes estão o craque Neymar e o ator e cantor Thiago Martins.

São várias estampas de camisetas, que vão dos memes, signos e até frases famosas no nosso quadrinho. “Mano do céu” e o nosso “Véi do céu” fazem sucesso nas vendas.

“Nascemos e crescemos na capital. Nada mais justo do que ter as estampas que são a cara de Brasília nas nossas coleções”, pontua Bruno Rafael.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Empoderamento feminino

A busca pela igualdade, espaço na participação na política e o de assumir a liderança de uma empresa são itens que representam a luta diária do público feminino não só do DF mas como de todo o país. Um exemplo disso é a empresa LUMAS, que reforça o empoderamento feminino e é comandada por três mulheres: Laura Christine, Fernanda Sales e Yasmin Franklin. 

“Desde 2014, tinha vontade de montar um negócio de camisetas com frases para despertarem e apoiarem mulheres. E, ano passado, mesmo em meio a crise da pandemia,  dei o pontapé inicial. Aproveitamos que o mundo todo estava migrando para o digital, então, o investimento para abrir uma loja caiu bastante. Foi a hora certa”, explica Fernanda, uma das sócias. 

A marca, lançada no meio de 2020, ressalta, ainda, a importância econômica e sustentável. Os produtos da empresa buscam a valorização da cultura local e possuem matéria-prima eco-friendly (em inglês, amigo do ambiente). “Pessoalmente, foi uma realização muito grande. Sempre tive vontade de abrir um negócio focado no protagonismo da mulher. Uma marca de mulheres para mulheres e conseguir fazer deste propósito uma fonte de renda é realizar o sonho” ,comemora Fernanda. 
 
As blusas têm frases que reforçam a potência das mulheres e, claro, para todos os tamanhos, além de ser um  negócio sustentável. É a cara de Brasília!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Empreendedoras brasilienses dominam

Empreender não é uma tarefa fácil. É preciso coragem, determinação e persistência para manter as vendas dos produtos ou serviços. Um relatório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostra que em 2018, 36% dos empreendimentos do Distrito Federal eram liderados por mulheres. Ao todo, 121 mil eram donas e cerca de 102 mil trabalhavam por conta própria.






Você pode gostar