Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Beleza e Bem Estar

Como potencializar a produção de colágeno facial e ter uma pele mais jovem e radiante

Especialista fala sobre benefícios da associação de tratamentos bioestimuladores faciais

Todos nós queremos uma pele jovem e bonita, mas sabemos que com o passar do tempo ela vai ficando mais flácida e com sinais de expressão. Para amenizar os sinais do tempo temos como nossa alinhada tecnologia e a evolução de produtos e tratamentos estéticos. Sabemos ainda que a produção de colágeno é uma proteína essencial para a sustentação e elasticidade da pele, sendo produzida de forma natural em nosso organismo.

Mas a partir dos 25 anos começa a ocorrer uma diminuição em sua produção e com o passar dos anos os sinais se tornam mais visíveis, como o aumento da flacidez e o envelhecimento natural da pele. Para isso podemos citar dois tipos de tratamento que irão potencializar a produção de colágeno, um invasivo e outro não. A especialista em harmonização facial, dra. Patrícia Moura da Academia da Face Brasília aponta os benefícios dos tratamentos: “Normalmente costumo indicar para os meus pacientes a associação dos dois tratamentos para um resultado mais eficaz e que potencialize os resultados.

O primeiro tratamento que indico é o sculptra. Ele um bioestimulador que traz diversos benefícios para a pele: aumenta a espessura e a firmeza da pele, reduz a aparência de rugas e suaviza marcas e linhas preservando seu aspecto natural. Ele é composto por ácido poli-L-lático sendo como componente principal totalmente biocompativel com o nosso organismo. Ativa os fibroblastos fazendo com que se forme o melhor colágeno que é o tipo 1.

A outra forma que costumo indicar para estimular o colágeno é o ultrafomer II, ele combina o ultrassom micro e macrofocado, ou seja, atua nas partes mais profundas e superficiais da pele promovendo um efeito lifting sem cortes ou anestesia. Este procedimento estético está cada vez mais famoso entre as celebridades, ele atua através de ondas de calor que provocam pontos de coagulação na profundidade e local definidos do tratamento, desta forma reduzindo flacidez e atenuando rugas e linhas finas, além de estimular a produção de colágeno por meio da energia térmica.

Neste tratamento o estímulo é realizado de forma natural e pouco invasiva, agindo de dentro para fora, tendo um resultado ainda mais promissor quando associado a aplicações de sculptra como mencionei anteriormente”. Vale ressaltar que cada pessoa tem necessidades diferentes da outra, por este motivo é muito importante a escolha de profissional qualificado para a indicação do tratamento adequado. Agende sua consulta para uma avaliação.

Serviço:
CLSW 105 – Bloco B, loja 26
@academiadafacebrasilia

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar