Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Viúva de Tom Veiga publica vídeo antigo para negar acusação de agressão

Em áudios que seriam do ator, divulgados após a sua morte, ele afirma que teria sido agredido pela mulher no início de outubro

Foto: Reprodução/Instagram

São Paulo, SP

Cybelle Hermínio, viúva de Tom Veiga, publicou um vídeo antigo em que aparece se recuperando de uma cirurgia para rebater as acusações de que teria agredido o intérprete do Louro José. O ator morreu no dia 1º de novembro de 2020, em decorrência de um AVC (acidente vascular cerebral) hemorrágico provocado por um aneurisma.

A viúva e os herdeiros de Veiga travam uma batalha judicial pela herança dele. Em áudios que seriam do ator, divulgados após a sua morte, ele afirma que teria sido agredido pela mulher no início de outubro.

Ao abrir caixa de perguntas no Instagram, uma pessoa perguntou para ela o porquê Veiga teria dito que foi agredido. “Não dá para responder por ele. Não sei, o que eu sei é que uma pessoa que realmente foi agredida, e ele fala no áudio ‘quase morri’…mano, o corpo deveria…”.

Na sequência, ela decide publicar o vídeo antigo em que aparece recém-operada. “Quer saber? Eu vou postar um vídeo. Quero ver se eu tinha condição de agredir alguém […]”, afirmou. Nas imagens antigas, Hermínio está usando uma cinta e conversa com Veiga em um clima cordial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em seguida, ela volta a responder para o seguidor. “Está vendo isso aí? Esse é um nodulozinho?”, questiona. Ela, então, coloca a lista de todos os procedimentos que tinha feito na ocasião. “Eu realmente tenho condições de agredir alguém? Eu tirei o nódulo, troquei prótese, fiz lipo e refiz a cicatriz da minha cesárea”, afirmou. Após a publicação do vídeo, na manhã desta segunda (3), Hermínio desativou o seu perfil no Instagram.

Veiga e ela começaram a namorar em 2018. Os dois mantinham uma união estável desde junho de 2019. Eles se casaram em uma cerimônia religiosa em janeiro de 2020, mas ficaram apenas nove meses juntos. A oficialização aconteceu apenas em agosto daquele ano, com separação total de bens. Antes da morte de Veiga, eles chegaram a anunciar a separação.

As informações são da Folhapress

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar