Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Música e ativismo: podcast documental vai ao ar no Dia Mundial da Luta Contra a AIDS

A série documental “Ativismo Musical: Red Hot + Rio 25” vai ao ar nesta quarta (01) com participações de Marisa Monte, Bebel Gilberto, Jorge Du Peixe, Drauzio Varella e mais

A Red Hot Organization, produtora americana de conteúdos culturais dedicada à luta contra a AIDS, apresenta a série de podcasts “Ativismo Musical: Red Hot + Rio 25 (1996- 2021)”, que estreia em 1° de dezembro, Dia Mundial de Combate à AIDS.Disponível em todas as plataformas digitais, e nas versões português e inglês, a série de três episódios retrata a história da produção e lançamento disco beneficente “Red Hot + Rio”, uma compilação original lançada há 25 anos. O projeto reuniu grandes nomes da música nacional e internacional em um tributo moderno à Bossa Nova visando promover a conscientização sobre a epidemia do vírus HIV no Brasil e no mundo. Mas não é só sobre música, a produção também traça um paralelo entre os contextos sociais e culturais da época, com o que vivenciamos hoje, face à pandemia do Covid-19.

O podcast documental expõe a força da música como ferramenta de transformação social, o universo criativo do álbum e os desafios do período. Afinal, como a Red Hot conseguiu produzir de forma independente, nos anos 90, um disco filantrópico com artistas como George Michael, Gilberto Gil, Astrud Gilberto, Sting, Cazuza, Tom Jobim, Everything But The Girl, Chico Science e Nação Zumbi? Foram resgatados depoimentos originais de artistas que atuaram na gravação, entre eles George Michael, David Byrne e Caetano Veloso, além da realização de entrevistas atuais com diversas personalidades que fizeram parte do contexto do projeto, como Marisa Monte, Jorge Du Peixe, Bebel Gilberto, Drauzio Varella, entre outros.

A direção é assinada pelo produtor musical brasileiro Béco Dranoff e por John Carlin, fundador da Red Hot Organization. Ambos foram responsáveis pela produção do álbum “Red Hot + Rio”, em 1996 – sendo que Béco ingressou na organização para atuar no projeto e permanece nela até hoje. “Esse disco ficou na história musical, no consciente e inconsciente coletivo dos amantes da música. Ele conectou a bossa nova com a sonoridade no novo milênio. Além de ter sido o meu primeiro trabalho de coprodução e direção artística junto ao time da Red Hot, ou seja, é um projeto realmente especial na minha vida. Fazer essa revisitação de 25 anos atrás foi uma honra”, comenta Béco.

A série é uma produção da Red Hot Organization em parceria com a CLAV – agência de curadoria e criação de conteúdo com inteligência de dados em música, podcast e inovação. Foram feitas mais de 30 entrevistas ao longo de 2021, além de pesquisas e análises de dados históricos que possibilitaram a criação do roteiro, que é assinado por Pedro Bontorim, fundador da CLAV. O design de som é um dos protagonistas do documentário, proporcionando uma cenografia sonora a cada momento abordado. A capa, assinada por Alexandre Ferrari,  é uma releitura da arte original do disco e a narração é comandada pela artista brasileira Caiena.

“A reflexão que fica é a constatação desse poder transformador da música e a força dos artistas em amplificar temas relevantes. Todos sabemos que a linguagem musical é universal – juntar música com transformação social é um processo que deveria continuar cada vez mais forte”, finaliza Béco. 


Confira os episódios:

Podcast “Ativismo Musical: Red Hot + Rio 25”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Episódio 01:
A epidemia global dos anos 90: uma nova geração descobre a música brasileira

Participações (versão PT): Caetano Veloso (arquivo), David Byrne (arquivo), Marisa Monte, Dr. Drauzio Varella, Carlos Calado, Sérgio Martins, Patrícia Palumbo, John Carlin e Béco Dranoff.
Participações (versão EN): Dr. Fauci (arquivo), John Carlin, Dr. Kendall Thomas, David Byrne (arquivo), Caetano Veloso (arquivo), Chuck Mitchell e Maurice Bernstein.

Episódio 02:
Red Hot + Rio: do sonho à realidade / processo criativo e desafios

Participações (versão PT): Marisa Monte, Jorge Du Peixe, Patrícia Palumbo, Marcelo Castello Branco, Sérgio Martins, Paula Abreu, Paulo André e Béco Dranoff.
Participações (versão EN): David Byrne (arquivo), Béco Dranoff,  Chuck Mitchell, John Carlin, George Michael (arquivo), Ben Watt (arquivo), Tracy Thorn (arquivo), Marisa Monte, Bebel Gilberto, DJ Soul Slinger (arquivo) e Maurice Bernstein.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Episódio 03: 

O poder da música: o legado do Red Hot + Rio e o engajamento de artistas hoje

Participações (versão PT): Patrícia Palumbo, Marisa Monte, Dr. Drauzio Varella, Paulo André, Paula Abreu, Sérgio Martins, Carlos Calado e Béco Dranoff.
Participações (versão EN): Chuck Mitchell, Béco Dranoff, John Carlin, Maurice Bernstein, Bebel Gilberto e Dr. Kendall Thomas.

Ficha técnica:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Série de podcast original produzida por Red Hot Organization e CLAV
Produzida e Dirigida por: Béco Dranoff e John Carlin
Criada e Escrita por: Pedro Bontorim
Sound Design, Edição e Mixagem: Conrado Lima
Narrado por Caiena
Produtor Executivo: Pedro Almeida
Arte: Alexandre Ferrari 
Assistente de Produção: Tally Gelberg
Participantes: Dr. Anthony Fauci (arquivo), Bebel Gilberto, Béco Dranoff, Caetano Veloso (arquivo), Carlos Calado, Chuck Mitchell, David Byrne (arquivo), Dr. Drauzio Varella, Everything But The Girl – Tracey Thorn e Ben Watt (arquivo), George Michael (arquivo), John Carlin, Jorge Du Peixe, Professor Kendall Thomas, Marcelo Castello Branco, Maurice Bernstein, Marisa Monte, Patrícia Palumbo, Paula Abreu, Paulo André, Sérgio Martins, DJ Soul Slinger (arquivo).

SOBRE A RED HOT ORGANIZATION 

Criada em Nova York, em 1990, a Red Hot Organization é uma organização sem fins lucrativos, dedicada à luta contra o HIV/AIDS através de projetos de cultura pop global. Sua missão é promover conhecimento, educação e gerar fundos para combater a crise da AIDS e problemas sociais relacionados. Nos últimos 30 anos, mais de 500 artistas, produtores e diretores de cinema contribuíram para criação de 20 compilações temáticas originais, especiais de televisão, videoclipes, eventos ao vivo e meios de comunicação de massa para manter as pessoas conscientes sobre as implicações da epidemia do HIV/AIDS, além da doação de milhões de dólares para organizações e projetos não-governamentais ao redor do mundo. Saiba mais: https://redhot.org

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

SOBRE A CLAV

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Criada em 2018, a CLAV promove a combinação entre a curadoria artística e de conteúdo com a inteligência de dados em seus projetos originais no universo da música, podcasts e inovação. Em suas iniciativas recentes, destacam-se a série de live sessions no youtube AMPLIFICA (2019) com participação de artistas como Mahmundi, Giulia Be, Luedji Luna e Giovani Cidreira; e curadoria e realização de shows em ambientes metaverso, como as apresentações de David Sabbag (2020) e Mc Soffia (2021) no game Avakin. Entre os podcasts produzidos pela CLAV, estão programas como “Perifacon: O Podcast”, “Psicologia na Prática”, “Dar à Luz”, “podCLAV: música e inovação”, “Itaú Views”, “Estação Saúde”, “Zoe Lilly Podcast”, “Desobediência Produtiva” – chegando a acumular mais de 4 milhões de downloads dos episódios, somente na plataforma Spotify. Saiba mais: http://clav.com.br








Você pode gostar