fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Kid Abelha acabou porque empresário quis que Paula se tornasse diva, dizem músicos

Segundo ele, um dos empresários da banda achava que a vocalista Paula Toller tinha potencial para seguir carreira solo

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O músico Kadu Menezes, que tocou com a banda Kid Abelha durante 16 anos, disse em uma live com três ex-bateristas que participaram de gravações de álbuns da banda que o fim do grupo foi “coisa de empresário”.

“Tem empresário que visualiza no seu artista a possibilidade de ele ser uma coisa maior do que ele é”, dise Kadu.

Segundo ele, um dos empresários da banda achava que a vocalista Paula Toller tinha potencial para seguir carreira solo e ser o que chamou de  “a diva da música brasileira”.

Foi a partir deste ponto que a banda começou a ter atritos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Começaram a separar os músicos do restante do Kid, separar os músicos da equipe técnica. No próprio Kid, começaram a separar a Paula. Ela tinha o carro dela, sozinho. Começaram até a separar os hotéis também”, relatou. 

“O determinante para o fim foi essa história: a Paula vai ser diva, o Kid vai ser os outros dois caras, e a banda vai ser a banda, cada um no seu patamar. Tenho certeza que começou a degringolar por aí”, disse Kadu.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade