fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Exposições

Ossobuco apresenta quatro histórias inspiradoras em 10 minutos no CCBB

O projeto se baseia na ideia de que pessoas comuns têm histórias extraordinárias para contar

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Na próxima terça-feira, 26, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) recebe a última edição do ano do Ossobuco que contou com nove edições e 35 palestrantes só em 2019.

Nesta edição, quatro pessoas com caminhos bem diferentes irão trazem histórias que se conectam com relação ao pertencimento de cada um no mundo. Maria Bezerra é a assistente social e benzedeira em tempos modernos, João Netto é publicitário e cozinheiro e conta como deu novo significado a uma expressão que o incomodava desde a infância, Lia Maria é ativista da moda e da reconstrução de identidades e Daniel Souza é um dos criadores do Ossobuco, que mora em Londres e está de volta ao Brasil para contar como a experiência internacional contribuiu para seu projeto de vida.

 

O projeto:

Com a ideia de que todos têm uma boa história para contar, o Ossobuco nasceu da vontade de um grupo de amigos de dar palco para brasilienses contarem suas histórias de vida. Heloisa Rocha Pinho, idealizadora do projeto costuma dizer que “o Ossubuco é um lugar onde pessoas comuns contam suas histórias extraordinárias”. Capa palestrante, ao subir no palco tem 10 minutos para contar a história que o inspirou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O projeto existe há quase 10 anos, ocorreu em diversos lugares de Brasília, recebeu aproximadamente 300 palestrantes e já foi visto por mais de 10 mil pessoas. A parceria com o CCBB aconteceu ao longo de 2019, realizou nove edições, levou 35 palestrantes ao Centro Cultural e teve apoio e patrocínio do Banco do Brasil. Ao longo dos anos, Heloisa destaca que ganhou amigos, conheceu histórias fantásticas, aprendeu a trabalhar em rede, a escutar o que as pessoas têm a dizer e a ajudá-las a organizar e contar suas histórias.

Com relação a todas as edições, Heloisa destaca a de março de 2018, formada somente por mulheres que aceitaram o desafio de subir no palco e falar sobre suas vidas. “Foi emocionante e lindo, pois eram mulheres que não acreditavam que suas histórias poderiam ser inspiradoras, e na verdade eram!”, comenta Helo.

 

Conheça um pouco mais sobre os palestrantes desta edição:

o   Maria Bezerra é neta de uma benzedeira, mas foi só após os 50 anos que ela entrou em contato com suas raízes rezadeiras. A assistente social mergulhou em seu dom e se transformou em uma das criadoras da Escola de Almas Benzedeiras. No Ossobuco, ela conta sobre essa jornada de descoberta até chegar na realização de benzimentos em postos de saúde como prática integrativa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

o   João Netto é publicitário, escritor, pesquisador, cozinheiro e pós-graduando em História e Cultura Afrobrasileira. Ele queria ressignificar a expressão “tinha que ser preto” e conseguiu. Nesta edição, ele conta como transformou este incômodo em uma oportunidade. João é criador de um perfil nas redes socais que conta sobre personalidades e grandes nomes da história negra, e chegou a criar uma página que já atingiu a marca de 35 mil fãs.

 

o   Lia Maria é a criadora da Diáspora009, uma marca de roupas femininas e binárias, que veste todos os tipos de corpos com suas estampas exclusivas. Ela conta como passou por várias experiências pessoais e profissionais até conseguir uma reconstrução da identidade negra, seus simbolismos, valores e memória coletiva, através da sua marca. 

 

o   Daniel Souza é um dos fundadores do Ossobuco, UX, trabalha com design de serviços, experiências interativas e softwares há mais de 15 anos. Ele volta aos palcos do projeto que ajudou a criar para contar sobre a sua experiência pessoal morando e vivendo em Londres, e como a linguagem faz parte dessa história. 

 

Como participar do Ossobuco:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Todos podem participar! Todos têm histórias extraordinárias para contar!

A grande maioria dos participantes não possui qualquer intimidade com palcos ou espectadores. Por isso, cada palestrante passa por um processo de curadoria de conteúdo, em que lapida sua fala para manter elementos essenciais que contem determinada história.

 

Serviço:

Ossobuco – Mais Tutano Para Sua Vida

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Edição de Novembro

Data: terça-feira, 26 de novembro

Horário: 20h

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil

Evento Gratuito

Classificação indicativa livre

Retirada dos ingressos na bilheteria

@ossobuco_




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade