Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Eventos

Festival Palco em Cena promove arte, cultura, economia criativa e estímulo ao turismo

Realizado no Varjão, o evento acontece de 13 a 19 de dezembro e reúne 11 oficinas gratuitas e 8 atrações musicais

Foto|Divulgação

Entre os dias 13 e 19 de dezembro a Palco Comparsaria Primeira de Talentos realiza em sua sede, localizada na Região Administrativa do Varjão, o festival Palco em Cena. Disponível online, o evento vai reunir na programação, totalmente gratuita, 11 atividades formativas em diversas áreas da economia criativa e 8 shows. Todas as atrações e aulas serão transmitidas pelo canal oficial do festival no YouTube (bit.ly/PalcoEmCena). O prazo para as inscrições nas atividades formativas se encerra em 10 de dezembro e são feitas gratuitamente (linktr.ee/palcocultura). A realização do festival conta com o apoio da Secretaria de Turismo, Administração e Conselho Regional de Cultura do Varjão, da Central 61 de Produções e do Batidão Sonoro.

O festival foi concebido para ser um conjunto de ações com o objetivo de fomentar a arte, o acesso à cultura, a economia criativa, o empreendedorismo e a promoção do turismo, por meio da transformação social voltada à população das periferias do Distrito Federal, com foco na comunidade do Varjão do Torto.

A programação musical conta com nomes como Sandrão RZO, Nãnan Matos, Realleza, Jah Live, Batidão Sonoro, DJ Janna e BellaDonna, e vai oferecer, além do acesso democrático à cultura, capacitação e estímulos à reflexão sobre a importância da economia criativa em suas diversas linguagens para quem vive nas periferias, sobretudo a população mais jovem. Nas atividades formativas estão nomes como Mestra Janja, LeiDiDai, Sara Loiola, Aline Karina, Jeny Choe, Cristiane Sobral, Adriana Gomes, Fabiana Balduína entre outros nomes.

“A importância do projeto está em conectar e fortalecer a rede cultural de base comunitária dos territórios periféricos do DF, promovendo o turismo e oferecendo à população, sobretudo a do Varjão, atividades culturais e formativas”, afirma Marcela Coelho, produtora cultural, especialista em turismo, integrante da Palco Comparsaria, e uma das idealizadoras do Palco em Cena.

De acordo com Marcela, um dos objetivos do evento é “levantar também a reflexão sobre os espaços disponíveis na arte do Distrito Federal para a cultura negra. Aqui existe uma quantidade enorme de fazedores de cultura. São artistas, produtores, empreendedores, coletivos de juventudes, movimentos, organizações, espaços, pontos e pontões de cultura que, devidamente visibilizados e apoiados, são potencializadores do turismo no DF”, acrescenta.

Turismo cultural e comunitário
O festival fortalece a cadeia produtiva da cultura e estimula o público a se envolver com o turismo cultural e de base comunitária nos territórios do DF, além do empreendedorismo criativo, produção independente, atividades profissionais que geram benefícios sociais ao mesmo tempo em que promovem resultado financeiro positivo e de forma sustentável.

Na análise de Marcela Coelho, a relevância do Palco em Cena está na “potencialização dos trabalhadores da economia criativa, sobretudo neste momento pandêmico que ainda estamos vivendo, sendo também uma iniciativa de afirmação de identidades, com potencial criativo, tecnológico e de inovação”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“As ações promovidas podem apontar para a inclusão econômica da população local e do território, além de apresentar contribuições para o conjunto da sociedade. Além disso, o projeto abre um espaço na internet para a criação de rede de artistas, criadores, parceiros e comunidade periférica do DF, estimulando o interesse do público em conhecer novos trabalhos e artistas”, conclui a produtora.

As oficinas e bate-papos são abertos à comunidade, e buscam oferecer alternativas para o desenvolvimento da economia criativa nas periferias do DF. Além disso, estimulam a sustentabilidade dos territórios por meio das trocas de conhecimento, promoção da equidade racial, eficiência econômica junto aos agentes culturais que visam consolidar seus trabalhos no mercado cultural, além de fomentar o turismo cultural de base comunitária. Não há limite para a participação nas oficinas, ou seja, cada pessoa pode fazer quantas atividades quiser. Haverá a emissão de certificado para todas as atividades de formação.

“É uma programação que trabalha a multidisciplinaridade, com os temas como comercialização de produtos através das redes sociais, turismo, eventos, montagem de portfólio, teatro, graffiti, breaking, capoeira, DJ e MC. “Os conteúdos, ações, produtos e serviços desenvolvidos pelos territórios periféricos detém alto valor simbólico e econômico, em grande medida ignorados e pouco visibilizados como um potencial turístico, porém, se melhor valorizados e promovidos, podem apontar para soluções de inclusão econômica”, ressalta Marcela Coelho.

34 anos de história
A Palco Comparsaria Primeira de Talentos foi fundada em 1987 pelo artista, diretor, dramaturgo e ativista do movimento cultural Robson Graia, personalidade reconhecida na história da cultura do Distrito Federal. Em 2018, a sede foi premiada e titulada como Ponto de Cultura pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal. O local fica na Região Administrativa do Varjão, bem perto de Brasília, a 13 quilômetros do centro da capital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com 8 edições anteriores realizadas na sede, o evento se expandiu e agora vai oferecer sua programação no formato de festival online. O Palco em Cena visa potencializar o Varjão, sendo um realizador de atividades culturais, educacionais, sociais, esportivas, ambientais e de fomento ao turismo. “É um local que desperta a consciência para o meio ambiente e a reflexão sobre o espaço urbano”, afirma Marcela.

Robson Graia
A peça “Homem não Chora”, montada pela primeira vez em outubro de 1985 no Teatro da Escola Parque 308 Sul, foi o primeiro espetáculo profissional de Robson Graia. Ele lançava naquele momento o primeiro trabalho do grupo Palco, proposta de agrupamento artístico que mais tarde se tornou a Palco Comparsaria Primeira de Talentos. A partir dessa estreia, Graia passou a fazer parte da cena cultural de Brasília e a apresentar suas criações nos teatros locais e do país.

Referência para muitos profissionais de teatro da capital federal, Graia formou diversos artistas que são autoridades atuais para a cadeia teatral local. Faleceu no ano 2000, deixando um legado reconhecido por toda a comunidade artística. Ele dá nome ao Teatro de Bolso Robson Graia, no Espaço Cultural Renato Russo, rebatizado e reinaugurado em 2016, com a revitalização completa do edifício.

Confira a programação completa:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

OFICINAS:

13/12 (segunda-feira)
18h30 – Oficina: Como comercializar seus produtos através das redes sociais, com Juliana Castro (@missindieporai)
20h – Oficina de Formalização do MEI para profissionais da Economia Criativa, com Sara Loiola (@saraloiola4)

14/12 (terça-feira)
18h30 – Oficina de Montagem de Portfólio e Cadastur, com Adriana Gomes (@caliandradrica)
20h – Oficina de Turismo nas Periferias do DF, Aline Karina (@karinaaline)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

15/12 (quarta-feira)
18h30 – Oficina de Produção de Eventos, com Jeny Choe (@insta_jeny), Lei Di Dai (@leididai.rainha) e Sara Loiola (@saraloiola4)
20h – Oficina de Teatro, com Cristiane Sobral (@cristianesobralartista)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

16/12 (quinta-feira)
18h30 – Oficina de Graffiti, com Guga Baygon (@gugabaygon)
20h – Oficina de Breaking, com Fabiana Balduína (@fabgirl_bsbgirls)

17/12 (sexta-feira)
18h30 – Bate papo sobre Capoeira, com Mestra Janja, do Instituto Nzinga (@janja_araujo), Lelo Ventura (@leloventura10) e Mestre Piter
19h30 – Oficina de MC, com MC Hadda (@haddamc)
20h30 – Oficina de DJ e Discotecagem com DJ Chokolaty (@djchocolaty)

SHOWS:

18/12 (sábado)
17h – Abertura com MC Hadda (@haddamc)
17h15 – DJ Janna (@dj.janna)
17h45 – Belladonna (@dj.belladonna)
18h30 – Batidão Sonoro (@batidaosonoro)
19h15 – Realezza (@_realleza) e Dj Ketlen
20h – Sandrão RZO (@sandraorzo)

19/12 (domingo)
17h – Abertura com MC Hadda (@haddamc)
17h15 – Batidão Sonoro (@batidaosonoro)
17h45 – Forró Red Light (@forroredlight)
18h30 – Nãnan Matos (@nanan_br)
19h15 – Jah Live (@jahliveoficial)

SERVIÇO


Festival Palco em Cena
De 13 a 19 de dezembro
Online pelo canal do Youtube Palco Cultura: bit.ly/PalcoEmCena
Inscrição para as oficinas até 10/12: linktr.ee/palcocultura
Participação gratuita – Certificado de Participação
Classificação: 16 anos








Você pode gostar