Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Eventos

Estupenda Trupe anuncia ações artísticas gratuitas até fevereiro de 2023

Grupo realizará oficinas do Teatro do Oprimido em escolas do DF, peças on-line e presenciais, exibição de documentário, leituras dramáticas, além de uma série de atividades formativas

Foto|Reprodução

Eles já contam com 17 anos de história e são reconhecidos por levar arte para escolas, teatros e Unidades de Internação (adolescentes) do Distrito Federal e do Brasil de modo a promover a democratização, igualdade e educação por meio da arte. A Estupenda Trupe ficou consagrada pelo seu trabalho de arte-educação e integração. O grupo, hoje formado pelos artistas e arte-educadores Tiago Venusto – diretor da Cia.

Alana Ferrigno, Beta Rangel e Carlos Valença conta com dezenas de iniciativas e espetáculos autorais no currículo como Nó Na Garanta, peça premiada que fala sobre bullying e conflitos, de modo a promover a reflexão. Eles também tiveram destaque no projeto autoral TEAR (Troca de Experiências Artísticas e Reinserção) que, com 10 anos de história, ficou reconhecido por levar arte para adolescentes em conflito com a Lei e seus familiares. Agora, para celebrar os 17 anos, promoverão uma série de ações gratuitas até fevereiro de 2023 em escolas, teatros e centros culturais do Distrito Federal. 

Exibição on-line do espetáculo A Cantora Careca, clássico do francês Eugene Ionesco adaptado pela Trupe; Leitura Dramática do espetáculo teatral Por Elise de Grace Passô (no Sesc Ceilândia); ainda, leitura do espetáculo teatral Revolução na América do Sul de Augusto Boal (no Sesc Gama); leitura aberta do espetáculo teatral infantil João e o Pé de Feijão para escolas da rede pública (Sesc Taguatinga); temporada presencial do premiado e autoral espetáculo Nó Na Garganta (Espaço Cultural Renato Russo); realização e exibição do documentário Estupenda e o Teatro Brasiliense (Cine Brasília);

oficinas, troca de saberes com outras companhias locais são ações que contemplam a ação do grupo neste ano.  E as atividades começam com a Oficina de Teatro do Oprimido que será realizada com os estudantes da Escola Elefante Branco (908 Sul) nos dias 23, 24, 26 e 27 de maio, sempre às 13h30 e às 16h30. Todas as atividades da Estupenda em 2022 serão gratuitas. O projeto de Manutenção da Estupenda Trupe/2022 conta com o patrocínio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF).

História – Eles começaram ainda em 2005 na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes. De lá para cá, Tiago Venusto, Alana Ferrigno, Beta Rangel, Carlos Valença e Lucorina (participou da fundação e da Trupe até 2021) ajudaram e ajudam adolescentes, crianças e adultos em conflito com a Lei a buscarem nova vida, conscientização e a ressocialização proporcionada pela arte. 

“A Estupenda sempre acreditou que todo ser humano é capaz de apreciar, discutir e produzir uma obra de arte. Este é o nosso principal lema”, destaca o diretor Tiago Venusto. 

Tendo como método o Teatro do Oprimido, de Augusto Boal (1931-2009), a Cia. busca por meio de oficinas realizadas em escolas e localidades periféricas menos urbanizadas, criar pontes de diálogo e rediscutir a relação opressor-oprimido. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A Estupenda crê na diversidade e na integração social por meio da arte e educação.  E na manutenção da Estupenda este ano não será diferente. Faremos uma série de ações gratuitas que visam democratizar o acesso à arte”, pontua o ator Carlos Valença.

A programação será sempre anunciada no Instagram da Trupe: @estupendatrupe   e no YouTube: https://www.estupenda.net/

Serviço: Estupenda Trupe anuncia ações artísticas gratuitas até fevereiro de 2023

Primeira ação:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Oficina de Teatro do Oprimido na Escola Elefante Branco (908 Sul) 

Datas: 23, 24, 26 e 27 de maio

Horário: Sempre às 13h30 e às 16h30

Gratuito

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Instagram da Trupe: @estupendatrupe   e no YouTube: https://www.estupenda.net/








Você pode gostar