fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

TIM teve aumento de lucro líquido de mais de 30% em 2019

Nos últimos três meses do ano, o crescimento foi de R$ 756 milhões, um registro de crescimento de 28,7%

Avatar

Publicado

em

Foto: Agência Brasil
PUBLICIDADE

Em 2019, a TIM encerrou o ano mostrando a força de estratégia baseada na inovação e melhor experiência do cliente. Nos últimos 12 meses, a empresa registrou lucro líquido de R$ 2.049 milhões, uma alta de 32,1% na comparação com 2018. Nos últimos três meses do ano, o crescimento foi de R$ 756 milhões, um registro de crescimento de 28,7%. 

O resultado é alavancado pelo consistente crescimento da receita líquida de serviços – R$ 4.357 milhões no 4T19, aumento de 3,2% ano a ano -, além da redução de custos e otimização de investimentos. O EBITDA normalizado é o maior da história da companhia: R$ 1.967 milhões no 4T19, alta de 8,1% na comparação anual. A margem EBITDA também é recorde e cresceu pelo sexto ano consecutivo, chegando a 42,9% no quarto trimestre.

Segundo o CEO da TIM Brasil, Pietro Labriola, 2019 foi marcado como um ano de retomada da inovação da TIM. “Voltamos a ditar tendências em oferta, estivemos mais presentes na mídia com uma comunicação diferenciada, apostamos em segmentos como o agronegócio para trazer novas fontes de receita e lideramos a preparação para a chegada do 5G ao Brasil. Como resultado, conquistamos indicadores históricos e recuperamos a nossa imagem em todos os segmentos. Estamos prontos para um 2020 ainda melhor, preparados para protagonizar os movimentos do mercado e entregar sempre a melhor experiência para os clientes”, ressaltou.

Parcerias e negócios

A TIM se consolida como líder no processo de digitalização do campo e já cobre 5,1 milhões de hectares com sua rede 4G. A companhia aposta no agronegócio, aliando-se aos principais players para se posicionar como a fornecedora de conectividade do setor. A TIM é embaixadora do ConectarAGRO, junto com AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec e Trimble.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A operadora é pioneira no desenvolvimento do 5G no Brasil e conta com parcerias com instituições de ensino, fornecedores de tecnologia e hubs de startups, criando três 5G Living Labs para estudar a tecnologia. No quarto trimestre, lançou o polo de Campina Grande (PB), que se junta aos laboratórios de Florianópolis (SC) e Santa Rita do Sapucaí (MG). Também ativou, em dezembro, a rede experimental no Cubo Itaú, em São Paulo.

Rede

Em 2019, a TIM confirma mais uma vez a liderança na cobertura 4G, com 3.477 municípios cobertos, representando 94% da população urbana do país. O tráfego de dados na rede de quarta geração ultrapassa 85%, uma alta de nove pontos percentuais em relação a 2018.

O foco no fortalecimento de infraestrutura foi primordial para o resultado, com 90% do Capex destinado a projetos como expansão de rede de fibra óptica, virtualização de rede e expansão da cobertura NB-IoT, já em mais de 3.200 cidades, que é fundamental para aplicações de Internet das Coisas.

Outros destaques do período são os acordos de compartilhamento de infraestrutura focados no 4G, que permitem eficiência operacional para a empresa e expansão da oferta para os usuários.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade