fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

Pizza Hut: maior franqueadora da rede entra com pedido de concordata

A ideia é tentar renegociar a dívida por meio da Lei de Falências dos Estados Unidos. O Capítulo 11 da lei é similar aos processos de recuperação judicial

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Nessa quarta-feira (1º) a maior franqueadora da Pizza Hut nos Estados Unidos entrou com pedido de concordata para renegociar uma dívida de US$ 903 milhões. A NPC International é dona de 1,2 mil restaurantes da pizzaria nos EUA, além de 385 da rede Wendy’s. 

A ideia é tentar renegociar a dívida por meio da Lei de Falências dos Estados Unidos. O Capítulo 11 da lei se assemelha aos processos de recuperação judicial brasileiros. 

Um dos grandes impactos para a franqueadora foi o isolamento social necessário em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Com isso, franquias tradicionais americanas precisaram entrar com pedidos de concordata.

A Pizza Hut, apesar de ter sido afetada, conseguiu amenizar os impactos por meio do mercado de delivery. A queda, segundo a Yum! Brands, foi de 21% do lucro operacional da rede de pizzarias. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade