fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

Petrobras recebe R$ 425 mi em decorrência de acordos de leniência e repatriações

Assim, o total de recursos devolvidos para a companhia em decorrência de acordos de colaboração, leniência e repatriações, ultrapassa o montante de R$ 4 bilhões

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Petrobras informa que recebeu essa semana R$ 425 milhões em decorrência de acordos de leniência e repatriações promovidas pelo Ministério Público Federal. Assim, o total de recursos devolvidos para a companhia em decorrência de acordos de colaboração, leniência e repatriações, ultrapassa o montante de R$ 4 bilhões.

A devolução desta semana envolve R$ 313 milhões, referentes ao pagamento da primeira parcela do acordo de leniência da Technip e da Flexibras celebrado com o Ministério Público Federal (MPF), a Controladoria-Geral da União e a Advocacia-Geral da União; R$ 45 milhões, decorrente de parcela do acordo de leniência celebrado entre a Camargo Correa e o MPF; e R$ 67 milhões por parte de pessoas físicas envolvidas em atos de corrupção apurados na Lava Jato.

“Adicionalmente, o acordo com a Technip e a Flexibras ainda prevê outros dois pagamentos em favor da Petrobras, em 2020 e em 2021, ambos no valor de R$ 253 milhões, cada, que serão contabilizados quando do seu efetivo recebimento”, diz a empresa, que reafirma, em comunicado, seu compromisso de adotar as “medidas cabíveis, em busca do adequado ressarcimento dos prejuízos decorrentes dos atos ilícitos praticados”.

Estadão Conteúdo. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade