Siga o Jornal de Brasília

Economia

Janeiro no azul: especialista em finanças dá dicas para equilibrar as contas

Início de ano é tempo de comprar material escolar e pagar impostos como IPVA e IPTU, saiba como lidar com as despesas

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

2020 chegou e com ele o planejamento para pagamento das dívidas no início do ano. Além dos gastos fixos, como aluguel, condomínio, água, luz e mercado, surgem os impostos, como IPTU e IPVA, materiais escolares, entre outros. Um custo que também pesa nas contas são as despesas de dezembro, que costumam refletir no mês seguinte na fatura do cartão. Com tantas contas a pagar, muitas pessoas acabam começando o ano no vermelho. O consultor financeiro e professor de economia do UniCEUB Raphael Brocchi indica alguns passos para ajudar a organização financeira.

Planejamento é tudo – Parece óbvio dizer, mas colocar todas as contas a pagar no papel ajuda, e muito, a organização financeira. Muitas pessoas ainda confiam na memória, perdem prazos e acabam pagando juros. Adote uma agenda ou uma planilha online para anotar as despesas.

Pesquise antes de comprar – No caso dos materiais escolares, use a internet a seu favor e pesquise os preços antes de sair às compras. Se puder comprar online, os valores costumam ser mais atrativos.

Se puder, pague à vista – Em muitos casos há desconto para pagamento à vista. No Distrito Federal, por exemplo, o IPVA se for pago de forma integral sai por um preço 5% menor para o contribuinte. É uma boa opção, pois além de economizar, no mês seguinte já não terá mais essa despesa.

Corte gastos supérfluos – Junte a família e repensem sobre os gastos coletivos. Um exemplo: é realmente necessário pagar a TV por assinatura se na maioria das vezes assistem Netflix ou canais abertos?

Renda extra – Aproveite o início do ano para começar aquele projeto que tanto sonha, mas sempre deixou na gaveta, e tente ganhar dinheiro com isso.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade