fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

INSS anuncia novos depósitos da revisão do auxílio-doença

A divulgação do número de beneficiários que receberá atrasados ainda aguarda o processamento das revisões, segundo o INSS

Avatar

Publicado

em

Agências do INSS retomam atendimento presencial a partir de hoje
PUBLICIDADE

Clayton Castelani
São Paulo, SP

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) informou nesta terça-feira (24) que dará início à revisão automática para pagar as diferenças devidas a segurados que tiveram a antecipação do auxílio-doença concedida até 31 de outubro.

A autorização para o pagamento dos atrasados foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda (23).

Do total de 1,1 milhão de pagamentos antecipados, mais de 600 mil segurados entram nesse novo lote de análises automáticas. Isso não significa que todo esse grupo receberá valores referentes à revisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A divulgação do número de beneficiários que receberá atrasados ainda aguarda o processamento das revisões, segundo o INSS.

O direito às diferenças vale para beneficiários cuja média salarial garantiria um auxílio acima de um salário mínimo, que é de R$ 1.045 neste ano, mas receberam parcelas equivalentes ao piso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Devido à pandemia de Covid-19, houve a interrupção das perícias médicas necessárias para a verificação do direito ao benefício por incapacidade temporária para trabalhadores impedidos de exercer suas atividades devido a acidentes ou doenças.

Entre as diversas medidas adotadas pelo governo ante a crise, houve a antecipação de R$ 1.045 para auxílios cujas concessões ocorreram com base na análise de laudos médicos enviados pela internet.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em outubro, o INSS já tinha autorizado a revisão e o pagamento das diferenças a 497 mil segurados que tiveram a antecipação concedida até de 2 julho deste ano.

O segurado que tiver direito à diferença receberá uma carta do INSS com as informações do recálculo, bem como do total devido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>

Além disso, o beneficiário pode consultar se tem direito pelo Meu INSS (site e aplicativo) e pelo telefone 135.

O pagamento será feito em conta-corrente, para quem recebe nesta modalidade, direto no caixa do banco ou saque com cartão magnético.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os valores terão correção monetária proporcional ao tempo de afastamento, ou seja, pelo total de parcelas recebidas.

As informações são da Folhapress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade