fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

Fiesp cita Ford para cobrar reformas e reforça oposição a aumento de ICMS em SP

A entidade cobra que sejam feitas “urgentemente” reformas estruturais para melhorar o ambiente de negócios e aumentar a competitividade dos produtos brasileiros

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) cobrou a necessidade de redução do chamado “Custo Brasil” ao comentar o fechamento das fábricas da Ford no Brasil. A entidade cobra que sejam feitas “urgentemente” reformas estruturais para melhorar o ambiente de negócios e aumentar a competitividade dos produtos brasileiros.

“Precisamos urgentemente fazer as reformas estruturais, baixar impostos e melhorar a competitividade da nossa economia para atrair investimentos e gerar os empregos de que o Brasil tanto precisa”, destacou a entidade, em nota.

O texto menciona ainda a “alta carga tributária brasileira”, alegando que ela faz diferença na hora da tomada de decisões. “O custo de cada automóvel produzido aqui, por exemplo, dobra apenas por conta dos impostos – e ainda há governantes que pensam no absurdo de aumentar tributos, como no caso da inacreditável alta do ICMS em São Paulo”, lembrou a entidade, que traça uma batalha contra o aumento dos impostos estaduais paulistas.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade