Siga o Jornal de Brasília

Economia

Confiança do comércio sobe 2,3 pontos em julho ante junho

A coleta de dados para a edição de julho da Sondagem do Comércio foi realizada pela FGV entre os dias 1º e 22 do mês e obteve informações de 862 empresas

Publicado

em

Advertisements

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 2,3 pontos na passagem de junho para julho, aos 95,5 pontos, informou nesta quinta-feira, 25, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado representa o segundo avanço consecutivo, embora ainda insuficiente para mudar a tendência da média móvel trimestral, que recuou pelo quinto mês seguido, -0,4 ponto em julho, frisou a FGV.

“O segundo semestre começa com resultados positivos na confiança do comércio. A melhora dos indicadores de situação atual mostra que os empresários percebem alguma evolução no ritmo de vendas do setor no mês, mas vale ressaltar que o patamar se mantém baixo”, avaliou Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio no Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

Em julho, houve aumento na confiança em nove dos 13 segmentos pesquisados. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) subiu 1,8 ponto, para 88,6 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE-COM) avançou 2,7 pontos, para 102,6 pontos.

“Além dos bons resultados no presente, as expectativas com os próximos meses voltaram a subir sugerindo que o cenário de recuperação do setor deve se manter, mas ainda em ritmo gradual dado a persistência dos níveis altos de desemprego e da dificuldade de recuperação da confiança dos consumidores”, completou Tobler.

A coleta de dados para a edição de julho da Sondagem do Comércio foi realizada pela FGV entre os dias 1º e 22 do mês e obteve informações de 862 empresas.


Você pode gostar
Publicidade