fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

Caixa libera FGTS para nascidos em março nesta segunda (13)

O dinheiro será depositado na poupança social digital da Caixa. Para sacar o benefício, no entanto, é necessário esperar até o dia 22 de agosto

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Caixa Econômica Federal libera, nesta segunda-feira (13), o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores nascidos em março. O recurso é disponibilizado em razão do estado de calamidade pública causada pela covid-19.

O dinheiro será depositado na poupança social digital da Caixa. Para sacar o benefício, no entanto, é necessário esperar até o dia 22 de agosto. O valor do saque emergencial é de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas com saldo no FGTS.

O crédito dos recursos na poupança social começou no dia 29 de junho para trabalhadores nascidos em janeiro. Nesse caso, o saque será liberado no próximo dia 25. Confira o calendário de pagamento:

Mês de nascimento Dia do crédito na conta poupança social digital data para saque em espécie
janeiro 29 de junho 25 de julho
fevereiro 06 de julho 08 de agosto
março 13 de julho 22 de agosto
abril 20 de julho 05 de setembro
maio 27 de julho 19 de setembro
junho 03 de agosto 03 de outubro
julho 10 de agosto 17 de outubro
agosto 24 de agosto 17 de outubro
setembro 31 de agosto 31 de outubro
outubro 08 de setembro 31 de outubro
novembro 14 de setembro 14 de novembro
dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Caso não haja movimentação na conta digital até 30 de novembro deste ano, o valor será devolvido à conta do FGTS com a devida remuneração do período, sem prejuízo para o trabalhador. Se após esse prazo, o trabalhador decidir fazer o saque emergencial, poderá solicitar pelo Aplicativo FGTS até 31 de dezembro de 2020.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Caixa disponibiliza os seguintes canais de atendimento para informações sobre o saque emergencial do FGTS: 

  • Site fgts.caixa.gov.br;
  • Telefone 111 – opção 2;
  • Internet Banking Caixa;
  • APP FGTS.

Com informações da Agência Brasil


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade