fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

BNDES aprovou devolução de mais R$ 30 bi ao Tesouro, diz Thadeu de Freitas

O valor se soma aos cerca de R$ 26 bilhões em devoluções ordinárias, já previstos em cronograma estabelecido entre o BNDES e a União

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

O Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou na noite da segunda-feira, 4, a devolução antecipada, ainda este ano, de mais R$ 30 bilhões da sua dívida com o Tesouro Nacional, informou o presidente do órgão, Carlos Thadeu de Freitas. Com mais essa parcela, o banco fechará 2019 com R$ 100 bilhões em devoluções antecipadas extraordinárias.

O valor se soma aos cerca de R$ 26 bilhões em devoluções ordinárias, já previstos em cronograma estabelecido entre o BNDES e a União.

A devolução de mais R$ 100 bilhões além do previsto no cronograma foi pedida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, no início do ano, como revelado em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo e ao Broadcast (sistema de noticiais em tempo real do Grupo Estado), em março.

A expectativa é que haja mais devoluções extraordinárias nos próximos anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Estadão Conteúdo


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade