fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Economia

Auxílio Emergencial: quem ainda não solicitou tem mais 3 dias para se inscrever

De acordo com o Ministério da Cidadania, quem se cadastrar agora receberá as três parcelas, além além da prorrogação que for determinada pelo governo

Avatar

Publicado

em

Foto: Agência Brasil
PUBLICIDADE

As pessoas que ainda não receberam o auxílio emergencial, mas se encaixam nos requisitos, terão até a próxima quinta-feira (2) para se inscrever no programa. De acordo com o Ministério da Cidadania, quem se cadastrar agora receberá as três parcelas, além além da prorrogação que for determinada pelo governo.

Através do site https://auxilio.caixa.gov.br é possível fazer a solicitação ou pelo aplicativo CAIXA – Auxílio Emergencial. O DataPrev é o responsável pelas análises. Apenas quem não realizou a solicitação precisa ficar atento ao prazo, já que a análise pode demorar algum tempo. 

O Dataprev irá verificar se o cadastrado se encaixa nos seguintes critérios:

Ser maior de 18 anos;

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Não ter carteira assinada;

Não receber Seguro Desemprego;

Não ser aposentado ou pensionista do INSS;

Não receber demais benefícios, com exceção do Bolsa Família;BPC; Auxílio Doença; Garantia Safra; Seguro Defeso;

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ser de família com renda mensal por pessoa menor de R$ 522,50;

Renda familiar mensal total menor que R$ 3.135;

Ter tido rendimentos tributáveis, em 2018, abaixo de R$ 28.559,70;

Duas pessoas, ou mais, da família não podem ter recebido o auxílio ou o Bolsa Família;

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CPF regular;

Como realizar o cadastro

  • Baixe o aplicativo da Caixa para Auxílio Emergencial.

     

    Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio

    iPhone:https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331

  • Ao abrir o aplicativo, clique em “Conheça o programa”. Será apresentada as condições e os requisitos para o cadastro. 
  • Informe nome completo, CPF, data de nascimento e nome da mãe. O programa também pedirá que o solicitante informe os dados sobre a renda e a ocupação. Preencha as informações sobre o titular da solicitação e o número de membros na família. O sistema também pergunta se o usuário é mulher e chefe de família, pois neste caso o auxílio é maior. A seguir, o solicitante deve validar as informações de seu celular e número de telefone.
  • O solicitante também é perguntado se possui uma conta-corrente ou caderneta de poupança e os dados para receber o depósito. Caso não possua, a Caixa disponibilizará a abertura de uma conta, sem custos. Para isso, terá que informar alguns dados pessoais, como identidade ou número da carteira de habilitação.
  • Após a conclusão do cadastro, o usuário deverá acompanhar o status da solicitação. A plataforma enviará um código de validação para o celular. O número deverá ser inserido no aplicativo.

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade