Siga o Jornal de Brasília

Economia

Após avanço em abril, inflação oficial desacelera

Segundo o IBGE, inflação medida pelo IPCA fechou mês de maio com alta de 0,13%. Em abril, avanço foi de 0,57%

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Willian Matos
redacao@grupojbr.com

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou o mês de maio com alta de 0,13%, ante um avanço de 0,57% em abril, informou nesta sexta-feira, 7, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado veio exatamente no piso das estimativas dos analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Projeções Broadcast. O teto do intervalo das estimativas ia até 0,33%, o que gerou uma mediana de 0,20%.

A taxa acumulada pela inflação no ano foi de 2,22%, segundo o IBGE. O IPCA em 12 meses ficou em 4,66%, variação igual ao piso das projeções dos analistas, que iam até 4,86%. A partir desse intervalo, a mediana das previsões era de 4,72%.

Alimentos e bebidas

O grupo de alimentos e bebidas foi o principal causador para a queda. Os preços médios caíram -0,56%, após terem subido 0,63% em abril. Só este grupo respondeu por uma impacto de -0,14 ponto percentual (p.p.) na inflação do mês. Os preços do tomate (-15,08%, após alta de 28,64% em abril) feijão-carioca (-13,04%) e de frutas (-2,87%), são destaque. Por outro lado, o leite longa vida (2,37%) e a cenoura (15,74%) subiram em maio.

Frutas ficaram mais baratas; cenoura subiu de preço. Foto: Myke Sena/Jornal de Brasília

Em contrapartida, o item que mais pressionou a inflação no mês com a gasolina: 2,60%, com impacto individual de 0,11 p.p. no IPCA de maio. Confira os nove itens pesquisados pelo IBGE:

  • Alimentação e Bebidas:-0,56% (-0,14 ponto percentual)
  • Habitação: 0,98% (0,15 p.p.)
  • Artigos de Residência: -0,10% (0 p.p.)
  • Vestuário: 0,34% (0,02)
  • Transportes: 0,07% (0,01 p.p.)
  • Saúde e Cuidados Pessoais: 0,59% (0,07 p.p.)
  • Despesas Pessoais: 0,16% (0,02 p.p.)
  • Educação: -0,04% (0 p.p.)
  • Comunicação: -0,03% (0 p.p.)

Com informações da Agência Estado


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade