Siga o Jornal de Brasília

Concursos & Carreiras

INSS deve abrir concurso com 17 mil vagas neste semestre

Da Redação
[email protected]

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está com concurso previsto para 2019. A declaração foi feita pelo superintendente Ney Ferraz em entrevista no Piauí. Segundo Ferraz,  o certame será para o preenchimento de 17 mil vagas em todo o país.

O concurso é considerado urgente, uma vez que a falta de trabalhadores no órgão tem afetado os serviços prestados à população. Dados apontam que os há milhares de brasileiros nas filas de espera por benefícios, cuja documentação está parada em análise e demoram mais do que o previsto por causa do déficit de pessoal.

Apesar das palavras do superintendente, nenhuma portaria foi publicada até o momento e o órgão não se pronunciou sobre o assunto. A Fenasps (Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) tenta agilizar de diversas formas a liberação do certame, inclusive recorrendo ao Tribunal de Contas da União (TCU).

A Fenasps já salientou que o instituto precisa urgentemente repor 16 mil vagas, pois há uma situação calamitosa de defasagem de pessoal. A entidade ainda revelou que, se nada for feito, o atendimento prestado pelo INSS entrará em colapso.

Sobre os cargos

A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas no concurso INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também no auxílio.

 

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA