fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Concursos & Carreiras

IBGE prorroga inscrições de concurso para dois cargos

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O IBGE 2016 prorrogou as inscrições para 325 vagas, referentes aos cargos de agente de pesquisas por telefone e supervisor de pesquisas. A novidade foi publicada no Diário Oficial da União. Agora, os interessados em exercer um desses dois ofícios podem se cadastrar até o dia 25 de julho pelo site da Fundação Cesgranrio, organizadora do processo seletivo. As taxas de inscrição custam R$ 22 (agente) e R$ 100 (supervisor).

Ao todo, o concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) conta com 7.825 vagas. No entanto, vale lembrar que as inscrições para o cargo de agente de pesquisas e mapeamento, que oferece 7.500 oportunidades, foram encerradas na terça-feira.

As ofertas do certame são para trabalhar em 550 municípios distribuídos por todos os Estados do país, além do Distrito Federal. Do total de chances, 405 são reservadas para pessoas com deficiência e 1.564 para candidatos negros.

A contratação dos candidatos será temporária pelo período de um ano, podendo ser prorrogada, desde que não exceda três anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sobre as vagas com inscrições prorrogadas

A função de agente de pesquisas por telefone oferece 300 chances e pede nível médio e experiência comprovada de um ano em teleatendimento/telemarketing ativo ou receptivo nos últimos cinco anos. O salário oferecido é de R$ 1.408 e a carga horária de trabalho é de 30 horas semanais, sendo seis horas por dia em turnos das 7h às 13h ou das 13h às 19h.

Já a carreira de supervisor de pesquisas dispõe de 25 vagas divididas em quatro áreas de conhecimento: geral (14 vagas), gestão (8), suporte gerencial (2) e tecnologia de informação e comunicação (1). As três primeiras áreas aceitam formação superior em qualquer área de atuação, já o setor de tecnologia de informação e comunicação requer graduação em um dos seguintes seguimentos: engenharia de sistemas, engenharia de computação, informática, ciência da computação, análise de sistemas, sistemas de informação, processamento de dados, análise de tecnologia da informação ou ciências exatas. Os vencimentos mensais do ofício são de R$ 5.058 para 40 horas trabalhadas por semana.

As remunerações já incluem auxílios para alimentação (no valor de R$ 458) e transporte. Quanto a lotação dessas 325 ofertas, todas elas são para atuar no Estado do Rio de Janeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ofício de agente de pesquisas e mapeamento do IBGE

As 7.500 ofertas destinadas ao cargo de agente de pesquisa e mapeamento exigem nível médio completo e apresentam remuneração de R$ 1.708 (já contabilizando o auxílio alimentação) para jornadas de trabalho de 40 horas por semana.

As oportunidades da função estão distribuídas por todos os Estados do país e no Distrito Federal, de acordo com o seguinte: Acre (118 vagas), Alagoas (208), Amazonas (195), Amapá (56), Bahia (454), Ceará (408), Distrito Federal (144), Espírito Santo (244), Goiás (282), Maranhão (218), Minas Gerais (636), Mato Grosso do Sul (169), Mato Grosso (175), Pará (215), Paraíba (203), Pernambuco (353), Piauí (153), Paraná (415), Rio de Janeiro (713), Rio Grande do Norte (157), Rondônia (123), Roraima (69), Rio Grande do Sul (420), Santa Catarina (282), Sergipe (136), São Paulo (850) e Tocantins (104).

Das 850 ofertas do concurso do IBGE destinadas ao Estado de São Paulo, 292 são apenas para atuar na capital paulista nas regiões do Bom Retiro/Santana (30 vagas), Brás/Móoca/São Miguel Paulista (55), Grajaú, Santo Amaro/Jardim Ângela (23), Ipiranga/Saúde/Jabaquara (19), Itaim Bibi/Butantã (147) e Lapa/Freguesia do Ó (18).
Processo seletivo do concurso IBGE 2016

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com duração máxima de quatro horas, as provas objetivas do concurso do IBGE serão aplicadas no dia 4 de setembro para todos os cargos e terão 60 questões de múltipla escolha.

Os testes versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, geografia e raciocínio lógico para agente de pesquisa e mapeamento; língua portuguesa I, conhecimentos gerais e raciocínio lógico para agente de pesquisas por telefone; e língua portuguesa II, conhecimento específico e noções de administração/situações gerenciais para supervisor de pesquisas.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade