fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Fiocruz abre concurso com salários entre R$ 3,4 mil e R$ 16,8 mil

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) está recebendo inscrições de interessados em participar do concurso público que vai selecionar 31 profissionais para carreiras de níveis médio e superior. O edital divulgado no dia 15 de junho oferece 10 oportunidades para o cargo de especialista em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde pública. Já o documento publicado em 14 de junho reúne 21 ofertas para assistente técnico de gestão em saúde. Ambas as funções são para atuar na carreira de suporte à gestão em ciência e tecnologia, produção e inovação em saúde pública. Vale ressaltar que, do total de oportunidades, duas são reservadas para pessoas com deficiência e seis para candidatos negros.

Exigindo apenas a conclusão do ensino médio, o cargo de assistente apresenta remuneração inicial de R$ 3.418,81, já incluindo o auxílio-alimentação. A quantia pode chegar a R$ 5.180,81 com a gratificação de qualificação (GQ) para quem possui diploma de doutorado. A jornada de trabalho é de 40 horas por semana.

Os futuros servidores irão exercer atividades como protocolo, conferência, atualização e arquivamento de documentos; estoque de material; redação de minuta de documentos; controle e manutenção de sistemas de informações da administração pública federal e sistemas institucionais; contatos e recepção de pessoas; participação em organização de eventos; elaboração de planilhas, tabelas, quadros demonstrativos, gráficos, apresentações e controle patrimonial.

As oportunidades para assistente presentes no concurso da Fiocruz 2016 são para trabalhar nas cidades de Rio de Janeiro/RJ (14 vagas), Belo Horizonte/MG (1), Brasília/DF (1), Curitiba/PR (1), Manaus/AM (2), Recife/PE (1) e Salvador/BA (1).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A carreira de especialista

Os profissionais interessados em exercer o ofício de especialista da Fundação Oswaldo Cruz devem ter nível superior, título de doutorado na área específica e experiência mínima de seis anos na função. O salário é de R$ 16.867 para jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

As oportunidades da carreira de especialista em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde pública estão distribuídas nas seguintes áreas de atuação: biotecnologia e engenharia de processos (1); entomologia molecular (1); inovações em saúde global com ênfase em doenças em populações negligenciadas (1); interação patógeno-hospedeiro (1); medicina translacional com ênfase em imunologia (1); medicina translacional em doenças adquiridas (1); micro e nanossistemas biomédicos (1); pesquisa e desenvolvimento tecnológico e inovação de medicamentos (1); política, planejamento e gestão em saúde (1); e saúde e ambiente (1).

A lotação das ofertas será realizada nas cidades do Rio de Janeiro/RJ (5 vagas), Recife/PE (1), Salvador/BA (1), Curitiba/PR (1), Fortaleza/CE (1), Belo Horizonte/MG (1).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como se inscrever no concurso

Quem quiser participar do concurso da Fiocruz poderá se candidatar  acessando o site concurso.fiotec.fiocruz.br. Será possível efetuar a inscrição até o dia 8 de agosto, pagando uma taxa no valor de R$ 70 (assistente) ou R$ 250 (especialista).

Os candidatos ao posto de assistente serão avaliados em etapa única correspondente a prova objetiva. O exame será terá 60 questões de múltipla escolha sobre as disciplinas de língua portuguesa (20), raciocínio lógico (10) e conhecimentos específicos (30).

Já os concorrentes ao ofício de especialista passarão por avaliação discursiva, composta por duas questões de conhecimentos específicos; análise de títulos e currículo; e apresentação de projeto de atuação profissional e defesa e memorial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As avaliações objetiva e discursiva serão aplicada no dia 25 de setembro, nas mesmas cidades de lotação das vagas. Informações a respeito do horário e dos locais do exame serão divulgadas, oportunamente, pela comissão de organizadores do concurso.

A Fiocruz ainda deve publicar, em breve, mais dois editais com postos já autorizados pelo Ministério do Planejamento: técnico em saúde pública (61 vagas) e pesquisador (58).

Último concurso Fiocruz

A última seleção promovida pela Fundação Oswaldo Cruz foi em 2014 e ficou sob a organização da Fundação Dom Cintra. Os aprovados foram convocados para trabalhar no Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Porto Velho (RO), Manaus (AM), Curitiba (PR), Campo Grande (MS), Salvador (BA), Fortaleza (CE) e Brasília (DF).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na ocasião, foram oferecidas 400 vagas distribuídas nas carreiras de técnico em saúde pública (75) – que exige nível médio; tecnologista em saúde pública (128), analista de gestão em saúde pública (8), especialista (25) e pesquisador (164), que pedem formação superior.

De acordo com as informações do edital do concurso da Fiocruz, os salários partiam de R$ 3.224,57 e chegavam a R$ 14.813, com as gratificações de especializações para jornada de 40 horas semanais, além do benefício de auxílio-alimentação.

O processo seletivo teve provas objetiva, discursiva (tecnologista, pesquisador e especialista) e prática (para alguns perfis de técnico), além de análise de títulos e currículo (tecnologista, especialista, pesquisador e analista) e apresentação do projeto de atuação profissional e defesa de memorial (pesquisador e especialista).


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade