Siga o Jornal de Brasília

Teatro e Dança

Restauro do Teatro Nacional Claudio Santoro, finalmente, está a caminho

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) tem como um de seus principais eixos de gestão a conservação do patrimônio tombado da capital federal.

Publicado

em

Publicidade

O Teatro Nacional Claudio Santoro, fechado desde 2014, será devolvido à comunidade graças ao esforço do Governo do Distrito Federal, que conseguiu, nesta quinta-feira (7), junto ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDD), uma verba de R$ 33,4 milhões para iniciar as intervenções de restauro do local.

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) tem como um de seus principais eixos de gestão a conservação do patrimônio tombado da capital federal. O titular da pasta, Adão Cândido, lembra que a reabertura do Teatro Nacional é uma das prioridades do GDF. A proposta da secretaria foi contemplada entre 1.323 outras inscritas.

O projeto submetido ao FDD prevê o restauro completo da Sala Martins Pena, de acordo com o projeto do arquiteto Ismail Solé, já aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). As intervenções preveem obras de acessibilidade, segurança, acústica, iluminação cênica e mudanças nas poltronas, palco e também no piso. Além disso, serão realizadas melhorias no foyer e na cafeteria.

Desde 15 de outubro, um grupo executivo criado pelo governador Ibaneis Rocha vem trabalhando no projeto básico que embasará a licitação a ser lançada para execução das intervenções. A expectativa é que o pregão seja anunciado já em dezembro.

 

*Com informações da Agência Brasília.


Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *