fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

‘Sempre foi um sujeito desprezível’, diz Fábio Assunção

O ator Fábio Assunção usou a sua página no Instagram para criticar o presidente

Weslenny Oliveira

Publicado

em

Reprodução/ Redes Sociais
PUBLICIDADE

Após o pronunciamento feito por Jair Bolsonaro (sem partido), na noite desta terça-feira (24), o ator Fabio Assunção criticou duramente a fala do presidente.  O ator postou em sua página no Instagram um trecho do “Jornal da Globo”, que rebate o discurso de Bolsonaro, que atacou a imprensa e pediu a reabertura de comércios e escolas em meio à pandemia do novo coronavírus. Fábio enfatizou que seus  seguidores sigam as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na legenda da postagem o ator escreveu: “Sempre foi um sujeito desprezível, mas será que agora a nação consegue visualizar sua total incapacidade de liderar 210 milhões de pessoas? Os governadores, prefeitos, parlamentares, profissionais de saúde, cidadãos devem seguir as orientações da OMS e deixar esse presidente no lugar onde sempre esteve: na irrelevância de seus devaneios. Que ele tenha apenas a decência de assinar um papel autorizando repasse de dinheiro público e privado às pessoas que não estão podendo gerar renda, trancadas em casa, com contas a vencer. Precisamos todos nós nos ajudar”, 

Veja a postagem:

View this post on Instagram

Sempre foi um sujeito desprezível, mas será que agora a nação consegue visualizar sua total incapacidade de liderar 210 milhões de pessoas? Os governadores, prefeitos, parlamentares, profissionais de saúde, cidadãos… devem seguir as orientações da OMS e deixar esse presidente no lugar onde sempre esteve. Na irrelevância de seus devaneios. Que ele tenha apenas a decência de assinar um papel autorizando repasse de dinheiro público e privado às pessoas que não estão podendo gerar renda, trancadas em casa, com contas a vencer. Precisamos todos nós nos ajudar. Dados OMS atualizados em 24/03: Infectados no mundo: 372,7 mil Mortos no mundo: 16.231 Infectados no Brasil: 2.281 Mortos no Brasil: 48 #FiqueEmCasaSePuder #Coronavírus

A post shared by Fabio Assunção (@fabioassuncaooficial) on


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade