Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Intervenção urbana invade o Museu Nacional neste sábado

Publicado

em

PUBLICIDADE

Com muita alegria, animação e circo, a obra de Maria Koijck, construída em material reciclável e tamanho gigante, será inaugurada neste sábado (2). O trabalho de Maria, um dinossauro feito com garrafas pet, tela de galinheiro, latas e vigas de metal, brilhará à noite com iluminação solar. A artista holandesa veio a Brasília a convite do Instituto Lixo Zero Brasil. Sua arte faz parte do contexto lúdico do 1º Congresso Internacional Cidades Lixo Zero, e tem como objetivo dar visibilidade à temática do evento, sensibilizando adultos e crianças para a questão do descarte.

Para embalar a inauguração o grupo Circo Teatro Udi Grudi, se apresentará tocando instrumentos musicais feitos de diferentes materiais reciclados. Premiada diversas vezes no Brasil e no mundo, a trupe apresentará o espetáculo chamado Ovo e promete encantar a todos os que aparecerem na inauguração.

O trabalho de Maria Koijck se complementa com o do Circo Teatro Udi Grudi. A preocupação com o meio ambiente e com as escolhas de vida para um mundo melhor, são apresentadas com similaridades entre ambos. A escultura “dinossaura”, batizada de Dina pelo grupo de estudantes que a visitaram, mostra simbolicamente o que pode acontecer com a espécie humana se esta não evoluir e se adaptar aos novos tempos. As escolhas limpas fazem parte desta mudança necessária. Do mesmo modo, a trupe Udi Grudi mostra que se pode fazer coisas muito boas com aquilo que consideramos lixo.

A inauguração será às 16h e contará com a presença de autoridades locais. Em seguida, às 17h, Maria e voluntários darão uma mini-oficina aos presentes que tiverem interesse em conhecer mais sobre os processos de construção de arte com descarte. Tudo isso acontecerá no pátio do Museu da República, junto ao espelho d’água, onde a escultura estará instalada. Ao cair da noite, as luzes se acenderão e a obra brilhará.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O 1º Congresso Internacional Cidades Lixo Zero acontece entre os dias 5 e 7 de junho e vai trazer a Brasília especialistas do Brasil e do mundo para falar de suas bem-sucedidas experiências nas cidades onde vivem, em busca de alcançar o marco lixo zero em suas sociedades.

Rodrigo Sabatini, presidente do Instituto Lixo Zero Brasil, fala da importância de se ‘pensar limpo’ quando se quer alcançar objetivos: “Hoje, o lixo é o terceiro maior gasto das cidades brasileiras. Sempre que vejo alguém reclamar da falta de recursos para construir um hospital ou uma escola, lembro que tanto um quanto o outro estão sendo jogados no lixo”.

Agenda de Inauguração da intervenção urbana Arte com Descarte, de Maria Koijck:

01/06, das 9h às 18h – Transporte e alocação da obra no espelho d’água

Local: Pátio do Museu Nacional da República

02/06, das 9h às 14h – Finalização – retoques

– 16h – Inauguração da Intervenção Urbana Arte com Descarte

– 17h – Mini oficina com Maria e voluntários, participantes da oficina, aberta ao público

Local: Pátio do Museu Nacional da República

05/06 – Atividade lúdica com Maria no stand do Instituto Lixo Zero Brasil, aberta ao público do evento

Local: 1º Congresso Internacional Cidades Lixo Zero – Centro de Convenções Ulysses Guimarães

02/06 a 01/07 – exibição da obra

Local: Pátio do Museu Nacional da República

 

Serviço:

CONGRESSO INTERNACIONAL CIDADES LIXO ZERO

Data: 5 a 7 de junho de 2018

Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães – Brasília – DF

Público: prefeitos, legisladores, gestores públicos, organizações não governamentais, acadêmicos, empresários, empreendedores, estudiosos do tema e sociedade civil.

Whatsapp: (61) 99320-9471

Inscrições: pelo site http://www.cidadeslixozero.com.br

 

 

 


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade