Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Exposição que celebra Caio Fernando Abreu entra em cartaz esta semana

Publicado

em

Publicidade

Celebrando os 70 anos do escritor gaúcho, que faria aniversário no próximo dia 12 se estivesse vivo, a exposição Caio Fernando Abreu – Doces Memórias ocupa a Galeria Acervo do Museu Nacional da República de 13 de setembro a 28 de outubro com entrada franca. O público de Brasília vai adentrar o universo plural e poético em que viveu o autor.

A partir de experiências sensoriais e recortes de sua trajetória, a exposição oferece ao espectador a oportunidade inédita de rever, ouvir e sentir sua obra de maneira peculiar, 22 anos após a morte do autor.

Com curadoria da pesquisadora Lara Souto Santana em parceria com as irmãs do autor, Márcia de Abreu Jacintho e Cláudia de Abreu Cabral, a mostra celebra um escritor que nos convida a ir além do óbvio e do superficial. Como ele mesmo dizia: “Há sempre mais por trás. Que não te baste nunca uma aparência do real”.

O fio condutor da exposição é a palavra de Caio Fernando Abreu (1948-1996) inserida em suas principais referências: música, cinema, literatura, astrologia e arte. Trechos de sua obra se casam a cenários que recriam os espaços onde viveu, e seu local de trabalho.

Publicidade

“Comemorar os setenta anos de Caio Fernando Abreu com uma exposição em Brasília é uma alegria, já que sua literatura dialoga com tantos leitores. É a potência do texto dele que torna isto possível”, diz a curadora.

“Virginia Wolf” e “Robocop”

Cartas, manuscritos e documentos da sua vida pessoal e profissional foram emprestados pela família do autor e pelo acervo do Delfos – Espaço de Documentação e Memória Cultural (PUC-RS) para dar ao visitante a chance de conhecer originais acessíveis apenas a pesquisadores. A inseparável máquina de escrever, que apelidou de “Virginia Wolf”, e o laptop “Robocop” completam a ambientação intimista.

 

Serviço:
Visitação: De 13 de setembro a 28 de outubro. Sempre de terça-feira a domingo, das 9h às 18h30
Onde: Galeria Acervo – Museu Nacional do Conjunto Cultural da República (Eixo Monumental)
Entrada franca
Informações: 3325-5220 e 3325-6410


Você pode gostar
Publicidade