fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

Apresentador briga com Alexandre Garcia durante programa ao vivo sobre cloroquina: “E os mortos?”

Rafael Colombo é contra o uso do medicamento, e perdeu a paciência após Garcia se posicionar em defesa do tratamento

Weslenny Oliveira

Publicado

em

PUBLICIDADE

Olha o climão! Durante a edição ao vivo desta sexta-feira (07) do programa Novo Dia, da CNN Brasil, Rafael Colombo e Alexandre Garcia protagonizaram uma cena inesperada. Os dois alteraram o tom de voz durante uma discussão sobre o uso de cloroquina no tratamento do coronavírus.

Tudo começou quando Alexandre Garcia iniciar o um discurso sobre o uso do remédio. Colombo disparou: “Se a cloroquina funciona, é barata, e serviu como você falou na Amazônia para lúpus, malária e outros tipos de doença, por que o mundo teria deixando tanta gente morrer se tem um remédio barato à disposição? A troco de que tanta gente morrer se tem um remédio barato à disposição? A troco de que tanta gente morreria se a cloroquina funciona?”

Rafael Colombo é contra o uso do medicamento, e perdeu a paciência após Garcia se posicionar em defesa do tratamento. “E os 100 mil que morreram? Se realmente funcionasse não seríamos o 3° país com o maior número de mortos no mundo”, soltou Colombo.

Com tom de ironia, Alexandre Garcia rebateu: Se não funcionar, ela não existe, pois está funcionando”. “Ninguém provou que ela está funcionando, né, Alexandre?”, discutiu novamente Colombo. “As pessoas que sobreviveram são a prova. É assim que começa a ciência, a experiência”, completou o veterano

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“E os 100 mil que morreram? Eu tive dois amigos que morreram de Covid-19. Eles morreram à toa, então? Porque fica parecendo que gastando R$ 20 na farmácia eles poderiam estar aqui, comigo, agora. E não é assim”. “Certamente não morreram à toa. Eu perguntei se eles usaram hidroxicloroquina prematuramente?”, emendou Alexandre.

Para encerrar a briga, Colombo disse respeitar o apresentador, mas que teria se incomodado com o posicionamento por ter perdido pessoas para a doença.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade