fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Velho conhecido da polícia candanga é preso por malfeito no Ceará

Ele está sendo investigado por dano qualificado e tentativa de homicídio pela Polícia Civil do Ceará

Avatar

Publicado

em

Foto: Tony Winston/Agência Brasília
PUBLICIDADE

O empresário Francisco Moacir Pinto Filho foi preso, na noite dessa segunda-feira (7), em Brasília, suspeito de ser o mandante de atos que buscam expulsar moradores de uma comunidade em Tabubinha, em Beribe, no litoral leste do Ceará, para construir uma usina eólica no local.

As informações indicam que a equipe supostamente comandada por ele teria tentado derrubar casas dos moradores com um trator. O último ato violento teria acontecido no dia 30 de novembro. Francisco foi preso e, com ele, foram encontrados R$ 500 mil, dólares e euros. Ele está sendo investigado por dano qualificado e tentativa de homicídio pela Polícia Civil do Ceará.

Veja o documento obtido pelo JBr:

Passado na capital

O empresário possui um passado conhecido na capital. Em 2008 um relatório elaborado por técnicos da CPI dos Cemitérios pedia o indiciamento de Francisco, à época presidente do Cemitério Campo da Esperança, e outras 11 pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O relatório apontava má conservação dos cemitérios, existência de um depósito clandestino de ossadas na unidade do Gama e desrespeito aos túmulos. Entretanto, alguns dias depois, distritais integrantes da CPI decidiram pôr fim nas investigações na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) 45 dias antes do prazo estabelecido. A sessão contava com quórum completo.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade