fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Vara de Execuções Penais interdita bloco do qual presos fugiram, na Papuda

Três presos fugiram do bloco I na terça-feira (28), após cavar um buraco na unidade

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Após três pessoas fugirem do bloco I da Ala A do Centro de Detenção Provisória (CDP) do Complexo da Papuda, a Vara de Execuções Penais do DF decidiu interditar o bloco. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (29).

A juíza responsável pela medida levou em consideração a fragilidade da estrutura do bloco I, que foi erguida há cerca de 60 anos. Os modelos de tijolos utilizaram eram com furos, considerados inapropriados para a construção de um presídio.

Dada a decisão, os presos alojados no bloco serão remanejados para que o local passe por reforma.  “Entendo necessária a retirada dos presos daquela ala para que a administração penitenciária providencie os devidos reparos e com a devida urgência, sobretudo para evitar a ocorrência de novas evasões”, afirma a magistrada.

O Tribunal de Justiça (TJDFT) lembra que as Alas B e D do mesmo bloco I  do CDP já foram interditadas para realização de reformas, pelos mesmos motivos.

Na terça-feira (28), três presos fugiram do bloco 1 do Centro de Detenção Provisória (CDP) do Complexo Penitenciário da Papuda. Os detentos cavaram um buraco e se evadiram durante a madrugada.

Os três presos são Roberto Barbosa dos Santos, André Candido Aparecido da Silva e Carlos Augusto Mota de Oliveira. Até a última atualização desta matéria, os três continuavam foragidos.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade