Siga o Jornal de Brasília

Cidades

UnB sugere demolição total de viaduto da Galeria dos Estados

Publicado

em

Publicidade

Matheus Venzi
matheus.venzi@grupojbr.com

O viaduto da Galeria dos Estados encontra-se em estado de degradação grave e necessita ser totalmente demolido, conforme estudo técnico realizado pelo Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Faculdade de Tecnologia da Universidade de Brasília (UnB), divulgado na tarde desta quarta-feira (7). De acordo com engenheiros da instituição, os índices de degradação da estrutura indicam níveis maiores do que o dobro do limite crítico para este tipo de obras. Ou seja, a queda do viaduto já era uma tragédia anunciada.

O engenheiro Marcos Honorato, professor do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, explica como chegaram à conclusão. “A UnB fez a caracterização dos materiais do viaduto, fez uma análise numérica e computacional do comportamento da estrutura e também realizou a aplicação de um modelo de deterioração da obra, que apresentou um grau de degradação elevadíssimo. Com base nesses estudos, tivemos o consenso de que a melhor opção seria pela demolição total do viaduto”, comenta.

Foto: João Stangherlin/Jornal de Brasília

Apesar disso, o engenheiro lembra que a decisão final é do Governo do Distrito Federal. “Essa é apenas a nossa sugestão. Cabe a eles [GDF] decidirem o que será feito. A demolição não é a única solução para o caso. Mas acreditamos que seja a melhor, pois o estudo técnico nos dá um embasamento”, declara Honorato.

Infiltração da água causou o desabamento

O estudo da comissão da UnB também apontou que a infiltração de água e o desgaste do aço foram os principais responsáveis pela queda do viaduto. “Essa estrutura ficou 58 anos sem nenhum tipo de manutenção periódica, que poderia ter evitado esse acontecimento”, destaca o engenheiro Honorato. As manutenções periódicas consistem na impermeabilização das fissuras existentes na estrutura e na restauração de todas as outras patologias da obra. O estudo será encaminhado ao GDF.


Você pode gostar
Publicidade