fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

UnB: pesquisadores identificam proteína que pode ajudar pacientes com covid-19 em estado grave

A proteína alfa-1-antitripsina é produzida por várias células e estudadas há cerca de 30 anos

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) divulgaram, nesta semana, que podem ter encontrado uma proteína que pode ajudar no tratamento de pessoas em estado grave pela covid-19. A proteína alfa-1-antitripsina é produzida por várias células e estudadas há cerca de 30 anos.

Com papel anti-inflamatório, uma de suas características é proteger o pulmão com enzimas produzidas em processos inflamatórios e com ação degenerativa. A pesquisa da universidade foi feita por meio de revisão de trabalhos anteriores e publicada na revista científica Reviews in Medical Virology.

A proteína, além de não oferecer efeitos colaterais (apenas se o paciente tiver algum tipo de reação alérgica), está disponível há décadas e não terão de passar por testes clínico de longo prazo novamente.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade