fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Traficante fingia ser flanelinha para recrutar clientes no Setor Hospitalar

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Clique aqui para receber as principais notícias da cidade via WhatsApp

Tainá Morais
[email protected]

Um casal de traficantes foi preso em flagrante ao vender drogas na Quadra 13 da Vila Telebrasília. Os entorpecentes também eram vendidos na área central da capital. Segundo o delegado da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), Luiz Henrique Sampaio, Daniel do Nascimento, 34 anos, se passava por flanelinha no Setor Hospitalar Sul para recrutar os clientes. “Ele ficava fazendo campana para conseguir compradores, mas acabou não dando certo”, disse.

A prisão aconteceu na manhã desta quarta-feira (6), após uma denúncia anônima de que Daniel e a companheira, Sônia Alves de Souza, 43 anos, estariam incomodando a população com a grande movimentação de drogas na região da Vila Telebrasília.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O principal alvo dos traficantes eram estudantes das universidades e moradores das asas Sul e Norte que ficam localizados próximo à casa de Sônia, considerada o ponto principal para a venda das drogas. “Alunos chegavam a deixar as aulas para ir comprar cocaína, maconha e crack – são os principais ilícitos vendidos por eles. Isso incomodou a vizinhança”, explica o delegado.

A maior parte das drogas apreendidas foi localizada na casa de Daniel, em Luziânia (GO) e também na casa de sua companheira. Com eles foram encontrados 2 kg de maconha, várias porções de crack, munições intactas e R$ 2.500 em espécie. Além disso, foram apreendidos cerca de mil pinos   utilizados para facilitar na venda dos entorpecentes.

Os acusados já tinham passagem por tráfico e estelionato. Agora, responderão por tráfico de drogas. Se condenados, poderão pegar até 15 anos de reclusão.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade