Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Trabalhadores caem de andaime em Águas Claras e um deles não resiste

Após a queda, um deles morreu no local. O outro foi levado ao HRT com suspeita de fratura

Willian Matos
redacao@grupojbr.com

Na manhã desta quarta-feira (12), um acidente deixou vítima fatal na Rua 31 Sul, em Águas Claras. Dois trabalhadores caíram de um andaime e Juscélio Oliveira Dantas, 54 anos, não resistiu à queda e morreu no local.

O outro operário, Alcides Oliveira Ferreira, 28 anos, teve suspeita de fratura no braço esquerdo. Eles trabalhavam no quinto andar de um prédio da Rua 31 Sul. O local fica a cerca de 15 metros de altura. Informações de pessoas que passavam no local no momento do acidente dão conta que eles usavam cinto de segurança, mas não foi suficiente para impedir a queda.

Além do prédio no qual os operários trabalhavam, existem outras obras ao redor. Trabalhadores foram até o local após a queda e perceberam que Juscélio já não mostrava sinais vitais, apesar de não haver confirmação do momento exato da morte.

Alcides Ferreira, sobrevivente, foi levado ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), consciente e estável.

A perícia da Polícia Civil indicará o que ocasionou a queda de um andaime em um prédio. O resultado da análise sai em 30 dias. As principais causas de óbito nas construções são por queda de altura, soterramento e choque elétrico, respectivamente, segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-DF).

O Sinduscon publicou nota lamentando a morte do trabalhador Juscélio Oliveira Dantas e prestou condolências aos amigos e familiares dele. A entidade afirmou que os operários utilizavam os equipamentos de segurança, como havia sido informado pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA