fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Técnica de laboratório do HFA morre vítima do novo coronavírus

A servidora é a primeira vítima fatal do novo coronavírus entre funcionários do hospital

Aline Rocha

Publicado

em

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A técnica de laboratório do Hospital das Forças Armadas (HFA), Sandra Borges Guedes da Silva, faleceu, na madrugada desta quinta-feira (20) vítima de complicações causadas pela infecção pelo novo coronavírus. A servidora é a primeira vítima entre funcionários do hospital.

O Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Distrito Federal, Sindsep-DF, por meio de nota, lamentou a morte de Sandra e se solidarizou com a dor de familiares, amigos e colegas de serviço, além de aproveitar para reforçar a importância no uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e da adoção de demais protocolos de segurança para os profissionais de saúde do HFA.

“O sindicato reafirma o seu papel combativo na exigência de EPIs para todos os profissionais da área de saúde que atuam nos hospitais do Executivo Federal que integram a base do Sindsep-DF, conforme comprovam os diversos ofícios enviados à direção do HFA cobrando EPIs, testagem, e transporte seguro, entre outras ações para garantir a saúde dos servidores e empregados públicos do hospital, além da luta contra a retomada do trabalho presencial para a maioria dos trabalhadores do setor público que realizam atividades administrativas”, afirma. 

Servidores e colegas de trabalho prestaram homenagem à Sandra no momento do deslocamento de seu corpo da unidade de saúde, sendo recebida por uma salva de palmas e com muito carinho entre seus colegas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja: 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade