fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Suspeitos de assassinar policial do DF são presos em Águas Lindas

O militar foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Ele foi baleado no peito quando saía de casa em Ceilândia

Aline Rocha

Publicado

em

Foto: Redes Sociais
PUBLICIDADE

Na noite dessa segunda-feira (17) a Polícia Militar de Goiás (PMGO) prendeu os três acusados de assassinar o Policial Militar do DF, Walisson Holanda Fernandes, 28 anos, lotado no 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM) do Paranoá.

Os três suspeitos foram presos em Águas Lindas de Goiás. Um deles estava baleado na perna. Os acusados são dois homens, com idades de 18 e 23 anos, e uma mulher, de 29 anos. Eles foram levados para a 19ª Delegacia de Polícia (DP) de Ceilândia, onde prestaram depoimento.

O militar foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Ele foi baleado no peito quando saía de casa, na QNP 17, Conjunto B, em Ceilândia. Logo após o crime, foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Ceilândia, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na unidade de saúde.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade