fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Suspeito de matar motorista de aplicativo é foragido da Justiça

Natanael se tornou suspeito do caso quando foi visto depois do desaparecimento com o telefone e carro da vítima

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Por: Paula Beatriz

A Polícia Civil do Distrito Federal identificou o suspeito de matar o motorista de aplicativo Aldenys da Silva, de 29 anos. Natanael Pereira Barros, de 19 anos, é suspeito de latrocínio e segundo o delegado Sérgio Bautzer, da 19ª DP, de Ceilândia, o jovem é considerado foragido. Natanael se tornou suspeito do caso porque ele foi visto depois do desaparecimento com o telefone e carro da vítima.

Aldenys desapareceu no dia 3 de janeiro e foi encontrado pela Polícia Rodoviária Federal na BR 070, próximo de Brazlândia, no dia 18 de janeiro. Segundo o delegado, Aldenys tinha uma relação de amizade com o suspeito e estaria negociando um lote em Taguatinga. Natanael suspeitou que a vítima estaria com o dinheiro e agiu. Roubou o dinheiro, celular e carro do Aldenys.

As investigações sobre a morte do motorista de aplicativo continuam. Segundo Bautzer, a polícia trabalha com a hipótese de que Natanael não agiu sozinho, por isso estão seguindo para segunda etapa da investigação que visa descobrir se houve co-autores ou se alguém ajudou o suspeito. A polícia pediu à Justiça a prisão temporária do suspeito.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O delegado Sérgio ressalta que o aplicativo 99 POP colaborou com as investigações quando foi solicitado.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade