fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Setor Central do Gama vai passar por reformas

A proposta foi aprovada por unanimidade na reunião on-line do Conselho de Planejamento Territorial e urbano do Distrito Federal (Conplan), ocorrida nesta quinta-feira (17)

Avatar

Publicado

em

Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
PUBLICIDADE

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) elaborou um projeto de revitalização do Setor Central do Gama que prevê a adequação do sistema viário, a reorganização dos estacionamentos, paisagismo e regularização de lotes no entorno de de cinco áreas da cidade:

  • Hospital Regional do Gama (HRG)
  • Centro Hoteleiro
  • Terminal Rodoviária
  • Comércio Central
  • Feira do Galpão

Os estudos técnicos estão de acordo com a estratégia de revitalização de conjuntos urbanos prevista no Plano Diretor de Ordenamento Territorial do Distrito Federal – Pdot 2009 com as diretrizes do PDL do Gama, Lei Complementar nº 728 de 18 de agosto de 2006. De acordo com o documento o conjunto de intervenções previstas é o seguinte:

  1. Ajuste do Lote do Hospital Regional do Gama (HRG) e regularização da via e do estacionamento implantado em frente ao Setor Hoteleiro
  2. Projeto de sistema viário e paisagismo do Centro Hoteleiro
  3. Projeto de sistema viário e paisagismo do Terminal rodoviário
  4. Projeto de sistema viário e paisagismo do Comércio Central
  5. Criação de novo lote para a Feira do Galpão.

A proposta foi aprovada por unanimidade na reunião on-line do Conselho de Planejamento Territorial e urbano do Distrito Federal (Conplan), ocorrida nesta quinta-feira (17), que chancelou ainda outros dois projetos urbanísticos.

A regularização da área ocupada atualmente pelo 8º Batalhão de Polícia Militar, que abrange o lote 01, do conjunto N, da quadra QNN 06 e os lotes 02, 04, 06, 08, 10, 12, 14, 16 e 18, do conjunto J, também da QNN 06 de Ceilândia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E por último foi aprovada a regularização do parcelamento Caravelo, Setor Habitacional Contagem, em Sobradinho II. A área de 2,0082 ha, de propriedade particular, tem 65 lotes de uso residencial e uma população estimada em 238 habitantes.

Com informações da Agência Brasília




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade