fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Semana será chuvosa no DF

De acordo com o Inmet, volume pluviométrico do mês é 35% maior que no mesmo período do ano passado

Catarina Lima

Publicado

em

PUBLICIDADE

Até amanhã, o brasiliense enfrentará chuvas fortes com rajadas de vento. A previsão é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A partir de quarta-feira (29), as chuvas diminuem de intensidade.

A previsão do meteorologista Heráclio Alves, do Inmet, é que o sol só deverá aparecer de forma mais constante a partir de quinta-feira (30).

De acordo com Alves, o aumento das chuvas no Centro-Oeste acontece devido a um canal de umidade que veio da Região Norte. Esse canal de umidade formou-se a partir de uma frente fria em alto mar e de área de baixa pressão.

A tendência, segundo dados do Inmet, é que as chuvas caiam durante todo o dia, mas que se intensifiquem à tarde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No mês de janeiro, o volume pluviométrico no Distrito Federal já ultrapassou em de cerca de 35% o esperado para todo o mês. Além de Brasília, há risco de tempestade no Espírito Santo, em Goiás, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Segundo o Corpo de Bombeiros do DF (CBMDF), nos próximos dias a população deve tomar alguns cuidados: em caso de tempestade, evitar áreas descampadas ou matas fechadas e buscar abrigo em locais seguros — mas não sob árvores; e evitar o contato com redes elétricas e cercas de arame.
Para aqueles que estiverem em casa durante uma tempestade, a orientação é não tomar banho; evitar o contato com materiais condutores de energia; manter-se sempre calçado; e desligar todo os aparelhos elétricos da residência.

Entre as ocorrências ocasionadas pela chuva no Distrito Federal neste fim de semana estão a queda de um muro de uma escola em construção no Setor Sudoeste; um veículo atolado na L2 Sul; e uma caminhonete atingida por uma árvore na 314/315 Norte. Ninguém se feriu nas três ocorrências.
Até agora, as áreas mais atingidas pelas chuvas foram Paranoá, Gama, Águas Emendadas e Plano Piloto.

A previsão do tempo estima temperatura variando entre 19 e 29 graus ao longo da semana.
Ontem à tarde, durante a chuva, foi registrado vento de 8 quilômetros por hora e temperatura de 21 graus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Venda de guarda-chuvas

Cristiane Carvalho Mendes, do Sindicato dos Ambulantes do Distrito Federal, disse que em períodos como este a venda de guarda-chuvas se intensifica.

“O ambulante lida o tempo todo com a sazonalidade. Se faz sol, eles estarão nas ruas oferecendo bonés e água; se chove, eles são facilmente encontrados nos pontos de ônibus oferecendo guarda-chuvas”, disse.

Saiba Mais 

Veículos

Em veículos, a dica é não passar por locais alagados. “Se o condutor não conseguir ver o meio-fio, que tem em torno de 25 centímetros de altura, o ideal é mudar de rota para não perder o veículo e nem arriscar a própria vida”, orienta Lopes. Ele acrescenta que, no caso de alagamento inevitável, a pessoa deve sair do carro imediatamente.

Árvores

A poda de árvores que representem risco em áreas públicas pode ser solicitada ao Departamento de Parques e Jardins, da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil – Novacap – pelo 3403.2626 ou às administrações regionais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Emergências

Em situações de emergência, o primeiro órgão a ser acionado é o Corpo de Bombeiros Militar do DF, pelo 193. A Defesa Civil é chamada pelos bombeiros quando há ameaça iminente de desabamento de estruturas.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade