fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Regularização fundiária: área rural é prioridade, diz secretário

Secretário de Governo afirmou que setores habitacionais voltados à população de baixa renda também estão no foco do GDF

Avatar

Publicado

em

Foto: Renato Alves/ Agência Brasília
PUBLICIDADE

Willian Matos e Catarina Lima
[email protected]

O secretário de Governo, José Humberto Pires, falou de forma breve sobre regularização fundiária nesta quinta-feira (26). Zé Humberto, como é conhecido, afirmou que a área rural da capital e os setores habitacionais para a população de baixa renda são prioridade do GDF.

Perguntado pelo Jornal de Brasília sobre quais as prioridades, o secretário respondeu: “Área rural, e os setores habitacionais que já mandamos para a Câmara, que são aqueles que já têm os projetos e que são passíveis de regularização”, comentou.

“O Dr. Mateus [Oliveira, secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação] já encaminhou essas seis áreas que são importantes, porque são todas de interesse social”, prosseguiu Zé Humberto. “Além dos templos religiosos, nós estamos trabalhando muito forte nessa área de regularização rural e de baixa renda.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os bairros Itapoã Parque, no Itapoã, e Crixá, em São Sebastião, são exemplos de setores habitacionais que o GDF planeja entregar à população de baixa renda. Nesta quinta (26), o GDF publicou as autorizações do Instituto Brasília Ambiental (Ibram) para parcelamento dos solos.

A declaração foi dada após solenidade de entrega de 25 escrituras públicas a templos religiosos do DF. Foi a primeira vez na história da capital federal que uma instituição religiosa de matriz africana recebeu escritura. Trata-se do Templo Espiritualista Umbandista e Tempo de Unir, no Guará.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade