Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Servidor da UnB é preso em flagrante após postar foto com arma de fogo

Professor

Após uma denúncia anônima, a Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão na casa de professor da rede pública do Distrito Federal. O homem, morador da Asa Sul, atualizou a foto do perfil em uma rede social com uma foto em que ele aparece portando uma arma de fogo. Chegando ao local, os policiais encontraram um machado, um soco-inglês, uma faca e um taco de beisebol.

O professor, de 40 anos, disse que tirou a foto em uma festa e que a arma pertence a um primo. O homem também respondeu aos questionamentos sobre os outros itens, afirmando que usa o machado para “fazer podas”, o soco-inglês para “apoiar copos e outros objetos no carro”, a faca para “cortar canos e fazer reparos” e o taco de beisebol para praticar o esporte.

O homem foi autuado por porte de arma branca, já que a arma de fogo vista na foto de perfil não foi encontrada no apartamento. Ele foi liberado após assinar um termo circunstanciado se comprometendo a comparecer na Justiça quando intimado. O homem já tem passagem pela polícia por dano, em ocorrência registrada em 2004.

Em depoimento ao delegado, o suspeito disse que é professor da rede pública do Distrito Federal e técnico da Universidade de Brasília (UnB). A universidade confirmou o vínculo do servidor, mas não deu detalhes sobre a atuação dele.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA