fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Preso suspeito da morte de mulher na Candangolândia

Larissa Francisco Maciel, 23 anos, foi encontrada morta no último dia 6 de janeiro

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Polícia Civil (PCDF) prendeu, na quarta-feira (15), o suspeito de ter tirado a vida de Larissa Francisco Maciel, 23 anos, encontrada morta no dia 6 de janeiro em uma tenda na QR 2/4 de Candangolândia. A morte de Larissa resultou no primeiro feminicídio de 2020 no DF.

A prisão do suspeito vem cerca de 10 dias após investigações da 11ª Delegacia de Polícia (Núcleo Bandeirante).

O caso

Larissa Maciel foi encontrada por volta das 7h30 por um sacerdote de uma igreja instalada na tenda. A jovem estava nua, de barriga para cima. Ela não tinha sinais de violência sexual, mas exames apontaram queimaduras na genitália da vítima, além de marcas de estrangulamento.

Testemunhas dizem à polícia que Larissa foi vista com um homem em um posto de gasolina pouco antes de ser morta. Agora, a Polícia Civil deve esclarecer se este homem é o mesmo que foi preso na quarta (15).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aguarde mais informações


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade