fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Preso grupo suspeito de roubos a comércios no DF

Suspeitos usavam máscaras de látex cobrindo todo o rosto para cometer os crimes. Um membro do grupo foi morto em março deste ano

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Divulgação/PCDF
PUBLICIDADE

A Polícia Civil (PCDF) desarticulou um grupo suspeito de cometer roubos a comércios no Distrito Federal. Três homens, de 37, 40 e 43 anos, foram presos temporariamente nesta sexta-feira (9). A operação foi batizada de Peter Pan.

Além de armas de fogo, os suspeitos usavam máscaras de látex que cobriam todo o rosto no momento dos crimes, atacando funcionários que transportavam malotes de dinheiro. A PCDF tem registros de três roubos: dois no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) e um em Valparaíso de Goiás-GO.

No primeiro roubo, ocorrido em uma loja de materiais de construção no SIA Trecho 3, no dia 12 de novembro do ano passado, o grupo levou uma bolsa com cerca de R$ 50 mil em dinheiro. Uma semana depois, o assalto foi em uma revendedora de suplementos alimentícios em Valparaíso. O terceiro crime foi na mesmo estabelecimento do SIA.

Quase um ano depois, as investigações apontaram que os três crimes foram cometidos pelo mesmo grupo. Os suspeitos, inclusive, são velhos conhecidos da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri/PCDF). Em 2016, eles foram presos por explosões a caixas eletrônicos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durante o cumprimento dos mandados nesta sexta (9), agentes encontraram 50 gramas de cocaína e R$ 1,5 mil em espécie. As ordens foram cumpridas nas regiões do Areal (Águas Claras), Samambaia e Vila Planalto.

Ainda de acordo com as investigações, um quarto integrante do grupo criminoso foi morto a tiros em março deste ano, em Taguatinga.

O delegado Diego Castro comenta a ação:




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade