fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

População tem retirado lacres dos PECs interditados por conta da covid-19

Violar e fazer uso dos espaços interditados pode gerar multa e até prisão. Cabe ressaltar que há 19 parques abertos em todo o DF

Avatar

Publicado

em

Foto: Emanuelle Sena/AR Plano Piloto
PUBLICIDADE

Visando proteger a população da covid-19 e evitar a propagação da doença, as administrações regionais têm interditado os pontos de encontro comunitários (PECs). No entanto, alguns dos equipamentos já tiveram os lacres retirados.

No Plano Piloto, por exemplo, a administração da região lacrou alguns pontos na segunda (15) e na terça (16). Mas a equipe precisou refazer o trabalho, porque houve violação dos lacres. A RA possui 69 PECs, 39 kits de academia, 113 quadras de esporte e mais de 250 parquinhos.

“É lamentável que existam pessoas ignorando medidas importantes para saúde coletiva. Em tempos de pandemia, precisamos do cuidado com o próximo, com a coletividade e com a coisa pública”, afirma a administradora do Plano Piloto, Ilka Teodoro.

Foto: Emanuelle Sena/AR Plano Piloto

Multa e crime

O Decreto nº 40.853 diz que quem “deixar de executar, dificultar ou opor-se à execução de medidas que visem à prevenção das doenças transmissíveis e sua disseminação, à preservação e à manutenção da saúde” poderá pagar multa e ser responsabilizado pelo crime de infração de medida sanitária preventiva, de que trata o artigo 268 do Código Penal. A pena prevista é de detenção de até um ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Parques

Também é válido ressaltar que há 19 parques abertos pelo Distrito Federal. Destes, oito ficam na região central de Brasília, considerando também os lagos Sul e Norte.

Prezando pelo lazer da população, o GDF também retomou o Eixão do Lazer e ainda levou a prática até a W3 Sul. Ambas as vias ficam abertas para pedestres e ciclistas aos domingos e feriados.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade