Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Polícia Civil prende autores de roubos a motoristas de aplicativo

Publicado

em

Advertisements

Da Redação
redacao@grupojbr.com


A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou uma operação para prender autores de roubo a motoristas de aplicativos no DF. Batizada de
Operação Tamboril , a ação realizada por meio da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) teve início na manhã desta terça-feira (14) e, até o momento, prendeu 7 pessoas.

Ao todo, a polícia cumpre três mandados de prisão preventiva, seis mandados de prisão temporária e dez mandados de busca e apreensão. De acordo com as investigações, os suspeitos utilizavam o mesmo “modus operandi” para cometer os crimes. Eles solicitavam o serviço do transporte por aplicativo, por meio de seus próprios aparelhos celulares ou de outra pessoa que possuía o aplicativo instalado. Quando o motorista chegava ao local solicitado, os autores entravam no veículo como se fossem passageiros e, em determinado ponto do trajeto, anunciavam o assalto. Os criminosos além de levar o carro, subtraíam também demais objetos dos motoristas.

Segundo a Corporação, os roubos ocorreram nas Regiões Administrativas de Taguatinga, Sobradinho, Samambaia e Guará. Os suspeitos responderão pela prática do crime de roubo, com pena de quatro a dez anos.

“Alguns terão essa pena aumentada de um terço até a metade. Nos casos em que foi usada arma de fogo, poderá incidir, ainda, um aumento de dois terços”, destaca o delegado da Corpatri, André Luís da Costa e Leite.


Você pode gostar
Publicidade