fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Polícia Civil desmonta esquema de clonagem de veículos

Operação conta com pelo menos 90 policiais civis e 10 agentes do Departamento de Trânsito (Detran-DF)

Lindauro Gomes

Publicado

em

Foto: Divulgação/PCDF
PUBLICIDADE

Willian Matos
[email protected]

A Polícia Civil do DF (PCDF) cumpre 20 mandados de buscas e prisões de suspeitos de vender placas de carros falsas. Os suspeitos agiam nas regiões de Taguatinga, Gama, Paranoá, Recanto das Emas, Águas Claras, Plano Piloto e Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

Segundo a Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri), os investigados roubavam veículos e já colocavam uma placa clonada no lugar, de forma ágil para despistar a polícia. Depois, eles vendiam os carros para conhecidos. Os automóveis eram usados em crimes locais ou até enviados para fora do país em troca de armas e drogas.

O dono do carro que teve a placa copiada passa, então, a ter diversos problemas, uma vez que ele passa a receber multas e pontos na carteira por infrações que não cometeu. Ainda mais grave, ele pode passar a ser suspeito de crimes cometidos com o veículo clonado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ainda de acordo com a Corpatri, os suspeitos fazem parte de uma espécie de indústria alimenta a clonagem de veículos no DF. Somente em 2018, quase 3 mil ocorrências desta natureza foram registradas.

A operação conta com pelo menos 90 policiais civis e 10 agentes do Departamento de Trânsito (Detran-DF).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade