fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Plano Anual de Arborização planta mais de 2 mil mudas no Lago Norte

Plantio faz parte do Plano Anual de Arborização da Novacap que, em 2020, investiu R$ 1,6 milhão

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O Lago Norte e seus cerca de 40 mil moradores ganharam um presente. Duas mil e quinhentas árvores nativas do cerrado e frutíferas estão sendo plantadas na região administrativa, reforçando o verde em toda a sua extensão.

Um esforço em conjunto da Novacap com a Administração Regional para espalhar os tradicionais ipês e jatobás, além de pés de jabuticaba, amora e jaca, dentre outros, em diversos pontos do bairro.

O investimento é de R$ 26,1 mil e busca trazer mais qualidade de vida e sombra para o Lago Norte. O valor envolve o plantio e manutenção (combate a formigas, coroamento e replantio se houver necessidade). As novas espécies que chegam à RA fazem parte do Plano Anual de Arborização de Brasília para 2020, conduzido pelo Departamento de Parques e Jardins (DPJ) da empresa pública.

As mudas já foram plantadas em três quadras do Centro de Atividades (CA), na ML 7 do Setor de Mansões, e ao longo dos canteiros da EPPN (Estrada Parque Península Norte), onde estão as QIs e QLs. As áreas verdes da EPPR (Estrada Parque Paranoá) também receberão novos exemplares. O trabalho se encerra ao final da primeira quinzena de janeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

2020

Entre os diversos benefícios, árvores reduzem a temperatura e aumentam a umidade do ambiente. Em 2020, a Novacap espalhou 40 mil unidades por todo o DF, em cidades como Santa Maria, Riacho Fundo, Plano Piloto, Candangolândia, Sol Nascente, entre outras. O custo foi de R$ 1,6 milhão.

Manter esse imenso jardim a céu aberto na capital é um desafio constante, segundo lembra o chefe do DPJ, Raimundo Silva. A Novacap faz um estudo das áreas e de suas necessidades.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Ao longo do ano, fazemos o levantamento da arborização em cada RA em conjunto com a administração. Temos novas vias que surgem, cidades recém-criadas como o Sol Nascente. E analisamos quais espécies são adequadas para cada região” explica Raimundo.

Arborização

O reforço no Lago Norte foi bem recebido. O chef de cozinha, Marat Wabo, 61, é um entusiasta da chegada mais árvores. Ele reside no CA, quadra 5, e logo ali, em frente ao seu prédio, foram colocadas 50 mudas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“As grandes matas ficam longe da gente que mora aqui nos centros urbanos. Por isso, plantar é muito benéfico. A população agradece muito”, elogia. “É importante ainda para renovar o oxigênio”, complementa Wabo.

A vendedora Aline Silveira, 36, trabalha no comércio local também do CA 5. Foi outra a elogiar a ampliação da área verde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>

“Árvore é sempre bom né? O ar fica melhor e significa mais qualidade de vida pra gente que está todo dia por aqui” opina a moça.

Segundo o administrador regional Marcelo Ferreira, cuidar do verde é um hábito no Lago Norte. E ele não nega que quer ver a arborização cada vez maior em seu “terreno”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Agência Brasília




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade