fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

PCDF prende suspeito de matar pastor no Areal

No último dia 4 de outubro, um pastor evangélico de 35 anos foi morto a tiros enquanto ministrava culto

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Kléber Lima/Jornal de Brasília
PUBLICIDADE

A 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) prendeu temporariamente um homem suspeito de matar um pastor evangélico de 35 anos no último dia 4 de outubro. Trata-se de um jovem de 18 anos. Ele foi preso no momento em que saía de casa, na manhã desta terça-feira (13), no Itapoã.

Com o jovem, foram encontrados um revólver calibre 38, cerca de 300 gramas de maconha, quatro balanças e roupas que ele estaria usando no momento do assassinato de Francisco Antônio dos Santos Marques.

 

Além de responder pelo homicídio, o jovem vai ser autuado pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Relembre o caso

O pastor foi morto a tiros enquanto ministrava um culto na QS 11 do Areal (Águas Claras). Um homem chegou na igreja e atirou várias vezes na vítima

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

ela estava ajoelhada de frente para o altar, de costas para o público. Uma mulher foi atingida de raspão no pé direito, mas não se feriu com gravidade.

De acordo com as primeiras apurações das autoridades, o pastor teria se envolvido em um homicídio em Parnaíba-PI e fugido para o DF em seguida. Francisco era foragido da Justiça desde agosto de 2018. Contudo, a 21ª DP ainda não informou se a morte dele tenha relação com este caso. As investigações seguem.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade