fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

PCDF prende acusados de praticar estelionato contra servidores aposentados

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Rodrigo Kreuzberg
PUBLICIDADE

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) deflagrou, nesta quarta-feira (5), uma operação contra suspeitos de cometerem estelionato contra servidores aposentados. Foram expedidos nove mandados de prisão e 25 de busca e apreensão no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Minas Gerais e Paraná.

A operação foi batizada de Strike II por ser um desdobramento da Strike I, realizada em 2018. À época, a Polícia Civil (PCDF) descobriu que mulheres aposentadas vinham sendo vítimas de estelionato. Após investigações, a Deam chegou até o grupo criminoso.

De acordo com as investigações, os acusados se uniram para promover os golpes contra outros servidores, sendo a maioria deles mulheres aposentadas. Eles criavam associações de fachada para obter códigos de benefício social, se passavam por corretores de seguros e ofereciam falsos planos para obter assinaturas das vítimas.

Com as assinaturas, o grupo criminoso desviava valores dos contracheques dos servidores e transferia para outras contas, para depois usufruir do dinheiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Cabeças”

Dos nove mandados de prisão expedidos nesta quarta (5), oito foram cumpridos. Um acusado está foragido, mas já foi investigado. Segundo a delegada da Deam, os presos hoje são os “cabeças” do grupo. Ela também explica que as investigações irão prosseguir, para descobrir se a organização criminosa atuava em outros estados.

Os acusados poderão responder por peculato em situação continuada, lavagem de dinheiro e falsificações diversas.

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade